RB Bragantino quer embalar diante do desesperado Coritiba
Estádio Nabi Abi Chedid, sede de Red Bull x Coritiba (RB Bragantino/Divulgação)

Neste domingo (23), Red Bull e Coritiba se enfrentam em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2020. A partida acontecerá no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, às 16h (Horário de Brasília). As equipes buscam melhorar a classificação na tabela, já que estão na metade inferior da classificação.

Somadas, os dois clubes somam, apenas, uma vitória e cinco pontos — todos da equipe bragantina, que está na 11ª colocação. O Coxa é o lanterna, na 20ª posição — é a única equipe que não marcou um ponto sequer no certame.

Por enquanto, nada de asas

Ao contrário do que dá a entender o slogan da empresa que comprou o Bragantino, o Red Bull ainda não decolou. Em quatro jogos, o clube bragantino venceu um dos quatro jogos disputados — além de dois empates e uma derrota. Na rodada anterior, porém, veio o primeiro triunfo no campeonato. Em casa, a equipe fez 2 a 1 no Fluminense

Ao todo, o escrete do interior paulista não poderá contar com três jogadores. Thonny Anderson, Vitinho e Wesley estão machucados e não atuam contra o Coxa. 

Luis Phelipe, atacante que fez o gol da vitória na rodada anterior, falou sobre a evolução que teve após um período no RB Salzburg, da Áustria. "Quando fui pra Europa, amadureci muito com relação a isso. Trabalhei muito. Volto mais pronto agora. Aprendi que o cara que joga do meio pra frente, tem que fazer todas as posições. Minha posição mesmo é pelas beiras. Mas quando vi que ia ter um passe pra trás, procurei me posicionar. Foi algo que meu pai sempre falou. Atacante tem que saber atuar em todas as posições", destacou.

Provável escalação: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Barreto, Matheus Jesus e Claudinho; Artur, Alerrandro e Morato. Técnico: Felipe Conceição

Lanterna Verde

O famoso super-herói da DC Comics, obviamente, não atuará na partida. Mas ele tem tudo a ver com a situação do alviverde Coritiba no Brasileirão. A equipe está na 20ª e última posição do certame. Mais do que isso: o Coxa está na rabeira, também, do número de gols marcados. Os paranaenses marcaram, até aqui, apenas um gol no torneio - e sofreu seis.

Para piorar a situação, o Coxa tem, ao todo, dez desfalques para a partida. Yan Sasse, expulso contra o Corinthians, cumpre suspensão automática. Nathan Silva, Matheus Sales, Renê Junior, Giovanni, Nathan Ribeiro, Giovanni Augusto, Thiago Lopes, Gabriel e Rafinha estão machucados.

A fase ruim levou a demissão de Eduardo Barroca. Técnico interino, Mozart crê que o trabalho está sendo prejudicado por infortúnios. "Acredito que nós estamos passando por um momento em que os episódios estão vindo contra. O futebol é cheio de situações que você não controla. Então, nós temos a oportunidade de, no domingo, começar uma nova história. É tentar, no mínimo, pontuar. Essa situação de não ter pontuado é extremamente incômoda. Então, vamos trabalhar para pontuar no domingo", afirmou.

Provável escalação: Wilson; Patrick Vieira, Rhodolfo, Sabino, William Matheus; Matheus Bueno, Galdezani, Luiz Henrique; Robson, Neílton e Sassá. Técnico: Mozart

Arbitragem

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Clóvis Amaral da Silva (PE)

Quarto árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

VAVEL Logo