Léo Gamalho marca dois, mas Vitória se recupera nos acréscimos e busca empate com CRB
Foto: Divulgação / CRB

Neste sábado (22), às 19h, CRB e Vitória se enfrentaram no Estádio Rei Pelé, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os alagoanos entraram em campo embalados após três jogos sem perder, sendo duas vitórias, enquanto os baianos buscavam voltar a vencer após três empates seguidos.

A marca do artilehrio

No primeiro tempo as duas equipes mostraram muita disposição. Bruno Pivetti escalou o Vitória com dois laterais esquerdos, Thiago Carleto e Rafael Carioca. Enquanto Carleto ocupou a lateral, Rafael atuou como um meia aberto que muitas vezes também centralizava as jogadas, tanto mais velocidade ao ataque dos baianos. Já Marcelo Cabo manteve a equipe bem postada e apostou em Diego Torres se movimentando bastante para criar jogadas e municiar o artilheiro Léo Gamalho.

A primeira chance de gol foi do CRB aos sete em bola parada de Diego Torres que Maurício Ramos cabeceou para fora com perigo. As duas equipes não conseguiram criar muitas chances de gol, mas a correria e movimentação permaneceu durante o primeiro tempo. E quem apareceu no ataque novamente foram os mandantes, em chute de fora da área de Diego Torres que Ronaldo defendeu, aos 18. 

O meia do Galo inclusive foi quem mais apareceu e deu trabalho a defesa adversária. Aos 33' ele cruzou fechado e Ronaldo cortou de soco. A resposta do Vitória veio logo na sequência em chute de Rafael Carioca que Victor Souza defendeu.

Com a chance o Leão da Barra se animou e chegou com perigo novamente aos 38 quando Fernando Neto recebeu a bola de frente para o gol mas foi travado por Thiaguinho na hora de concluir. 

Já nos acréscimos veio o gol do CRB com o artilheiro Léo Gamalho. Diego Torres acertou passe preciso na área e o goleador chapou de primeira para fazer o seu quinto gol em cinco jogos na competição. Após o tento, o árbitro encerrou o primeiro tempo.

Leão busca empate em final frenético

No segundo tempo os alagoanos voltaram indo para cima e Magno Cruz deu lugar a Erick. O substituto do experiente camisa sete já fez boa jogada aos oito, quando avançou em velocidade e rolou na medida para Luidy, que furou na hora de mandar para o gol. O mesmo Erick voltou a aparecer com destaque aos 28', quando sofreu falta fora da área de Vico, mas o árbitro marcou pênalti. Léo Gamalho foi para a bola e converteu. 2 a 0.

Vico entrou colocando correria no jogo, e, apesar de ter cometido a falta que resultou na penalidade, mudaria o cenário de vilão para herói. Aos 41, ele cobrou boa falta e Victor Souza defendeu com segurança. Foi o aperitivo do que viria logo depois.

Aos 46, após sobra na área o próprio Vico chegou para conferir, e, em posição de impedimento, mandou para o fundo das redes. O gol incendiou o time do Vitória, que foi para cima e acabou premiado com o empate. Marcelinho, que assim como Vico saiu do banco de reservas, matou no peito dentro da área após belo passe longo e mandou uma bomba de canhota. Sem chance de defesa para Ronaldo.

Frustração para o time alagoano e empate com gosto de vitória para o time baiano, que chegou ao quarto empate seguido na competição. 

Próximos confrontos

Na próxima rodada o CRB faz o clássico diante do CSA, no Rei Pelé, domingo (30), às 19h, enquanto o Vitória recebe o Paraná, no Barradão, sábado (29), às 16h30. 

Antes disso, no meio de semana os dois times entram em campo pela Copa do Brasil. Os alagoanos vão receber o Cruzeiro, na quarta -feira (26), às 16h, com vantagem de 2 a 0 no placar, enquanto os baianos vão receber o Ceará, no mesmo dia às 21h30, precisando reverter a derrota por 1 a 0.

VAVEL Logo