Chapecoense sai na frente, vê Guarani perder dois pênaltis e segue invicta na Série B
Foto: Divulgação/Márcio Cunha/Chapecoense

Na última segunda-feira (24), a Chapecoense recebeu na Arena Condá o Guarani, em jogo válido pela 5ª rodada da Série B do Brasileirão.

Com dois pênaltis perdidos e um expulso, o Bugre viu a Chape administrar o 2 a 0 que tinha no placar. Aylon e Anselmo Ramon marcaram os gols da partida logo no primeiro tempo.

João Ricardo e a trave salvam a Chape do empate

A primeira chance foi jogo aos 10 minutos, quando Igor chegou batendo, com desvio, para fora, pelo lado direito de João Ricardo!

No erro de saída de Didi pela esquerda da grande área, um minuto depois, Vini Locatelli ficou com a bola dentro da área e tirou o goleiro, para conseguir bater cruzado, mas em cima da linha o Romércio tirou para longe!

Aos 31 em um chute cruzado de Aylon, Rafael Pin ficou com a bola sem problemas. Mas as finalizações no gol não saiam, onde os dois times somavam finalizações erradas. E, apenas sete minutos depois, a Chape abriu o placar!

Alan Ruschel bateu o escanteio e Luiz Otávio desviou de cabeça. A bola foi na direção de Aylon, que bateu cruzado, na esquerda da grande área, para vencer Rafael Pin e tirar o zero do placar! O gol teve muita reclamação dos atletas do bugre, mas foi confirmado mesmo assim!

E nem três minutos depois, Anselmo Ramon, em uma belíssima finalização da entrada da área, que saiu rasteira, no canto direito de Rafael que nada pode fazer, ampliou o placar na Arena Condá! A Chape fazia 2 a 0 com muita facilidade!

Aos 45 minutos, em um chute de longe, Lucas Crispim obrigou João Ricardo a espalmar a bola por cima do gol, tirando a chance do Bugre diminuir o placar.

O segundo tempo já começou com intensidade. Aos seis minutos, Igor segurou o atleta da Chape no contra-ataque e levou amarelo. O problema é que ele já tinha amarelo. Lembram do gol com muita reclamação? Ele levou amarelo. Por ser o segundo, foi expulso.

Com 23 minutos, em uma bela tabela, Waguininho recebeu a bola dentro da área e Joílson derrubou o atacante do Guarani, cometendo o pênalti! Junior Todinho pegou a bola e foi para a batida com calma e tranquilidade. Mas não era o dia do Bugre. João Ricardo foi buscar no cantinho direito, rasteiro e salvou a Chape! No rebote, Todinho ainda isolou a bola!

Aos 38, mais um pênalti! Em um puxão de Anselmo Ramon, o juiz deu o pênalti! Giovanni pegou a bola para a batida, agora um destro. Dessa vez João Ricardo não conseguiu ir na bola, mas o atacante do Guarani acertou a trave esquerda de João Ricardo, perdendo a chance de diminuir o placar.

Aos 44, Paulinho lançou Lima na área, que bateu em cima do goleiro. A bola subiu e Paulinho dividiu no alto com o goleiro Rafael, mas a bola foi pra fora!

Classificação e próximos jogos

Com um jogo à menos, a Chapecoense ficou na terceira posição, com 10 pontos e ainda sem sofrer gols na competição. Já o Guarani, que fez já seus cinco jogos, soma apenas três pontos, ficando na 16ª posição.

Os dois times voltam aos gramados na próxima sexta-feira (28). A Chape viaja para enfrentar o Cuiabá, às 20h30. Já o Guarani recebe o Náutico, às 21h30.

VAVEL Logo