Márcio Coelho reconhece erros na eliminação do Figueirense para o Fluminense
Foto: divulgação/Lucas Marçon/Fluminense

O Figueirense foi derrotado pelo Fluminense, por 3 x 0, na noite da última terça-feira (25) e foi eliminado da Copa do Brasil. A falta de criatividade e os erros culminaram nesta eliminação.O técnico Márcio Coelho reconheceu que o setor não rendeu como o esperado.

“O sistema todo não rendeu. O Marquinho não joga sozinho. Claro que ele é responsável pela criação, mas não apenas ele. Todos não renderam, e a bola não chegou até o ataque. Estamos com dificuldade no setor e quando criamos estamos intranquilos. Temos que repetir, treinar mais”, disse o treinador.

Márcio Coelho também explicou qual foi a proposta de jogo pensada para o confronto pela terceira fase da Copa do Brasil, uma vez que o Figueirense venceu na ida por 1 a 0, em Florianópolis. 

“Fluminense precisava reverter o placar e veio para pressionar. Tentamos sustentar a bola, circular. O adversário dificultou a nossa saída e não conseguimos chegar ao último terço de campo. A proposta era fazer o Fluminense se desgastar quando tivéssemos a bola. E quando a bola estivesse do outro lado era explorar a transição rápida”, apontou.

Ao ser questionado o motivo de Nenê ter tido espaço para jogar e comandar a vitória tricolor, Márcio Coelho defendeu o elenco alvinegro. O meia fez os três gols do jogo no Maracanã. Para o treinador não houve falhas do Figueirense, mas sim mérito do jogador.

“A gente esperava um resultado diferente e a classificação. Sabíamos das dificuldades diante de uma equipe forte. O Nenê dispensa comentários, é um atleta de alto nível. Tentamos diminuir os espaços, mas não à toa ele é artilheiro e fez os três gols. Um em bola parada, o outro em um chute que desviou e entrou e o terceiro de pênalti. Eu não acredito que demos espaços, pois ele é diferente e encontra soluções”, completou.

O Figueirense volta a focar na Série B do Brasileiro. No sábado(29), às 19h, o Figueirense volta a campo diante do Confiança, no Orlando Scarpelli, pela sexta rodada.

VAVEL Logo