Em jogo de sete gols, Ceará elimina Vitória e avança na Copa do Brasil
Foto: Israel Simonton/cearasc.com

Após sair perdendo por 2 a 0, o Ceará reagiu, ganhou do Vitória por 4 a 3 nesta quarta-feira (26) em Salvador e está na quarta fase da Copa do Brasil. Em março o Ceará tinha vencido por 1 a 0 e portanto jogava pelo empate. No entanto, a classificação suada teve todas as características de um jogo decisivo — lances polêmicos, gol contra, pênaltis, expulsões, virada e golaço.

Gols, expulsões e pênalti perdido no primeiro tempo

O jogo começou quente. Sem Cléber, que jogou a Copa do Brasil pelo Barbalha, o técnico Guto Ferreira escalou Rafael Sobis mais adiantado. Apesar de não ser um centroavante de ofício, ele ficou isolado no início do jogo, visto que os meio-campistas Fernando Sobral e Vina pouco apareciam, sem conseguir construir jogadas. Assim, o alvinegro tentava chegar mais em lançamentos com Samuel Xavier e Bruno Pacheco.

Como precisava vencer, o rubro-negro foi pra cima e abriu 2 a 0 em quinze minutos. O destaque do time foi Carleto, que participou da jogada do primeiro gol, marcado em chute de fora da área de Léo Ceará, e depois converteu pênalti para ampliar a vantagem do Vitória.

Os times ficaram com um jogador a menos a partir dos 30 minutos após uma discussão dentro da área entre o volante Charles e o atacante Léo Ceará. Na sequência, o alvinegro tentou o gol olímpico mas o goleiro Ronaldo salvou, Leandro Carvalho ficou com a sobra, chutou, e então Carleto tirou em cima da linha. A impressão é de que a bola entrou, mas a arbitragem mandou o jogo seguir. 

Em mais uma chegada do Ceará pela esquerda aos 41 minutos, Leandro Carvalho cruzou e a bola resvalou no braço de Vico, que estava caído. O árbitro marcou o pênalti, o atacante reclamou e também foi expulso porque já tinha recebido um cartão amarelo aos nove minutos por falta em Bruno Pacheco.

Rafael Sobis foi para a bola e bateu à meia altura, no canto esquerdo do goleiro Ronaldo, que fez duas defesas em sequência - a cobrança e o rebote de Fernando Sobral.

O Ceará diminuiu nos acréscimos, quando Sobis foi derrubado por Fernando Neto. Desta vez Vina foi para a marca da cal e converteu. Na saída do gramado, enquanto estava posicionado para dar entrevista, o jogador foi chamado de "vagabundo" por Paulo Carneiro, presidente do Vitória. O assessor de imprensa do clube interrompeu a entrevista e levou o atleta para o vestiário.

Gol contra e virada na etapa final

Mesmo com a vitória parcial, o rubro-negro realizou duas mudanças durante o intervalo. Apesar disso, quem começou melhor o segundo tempo foi o Ceará, que empatou logo aos dois minutos. Leandro Carvalho mandou a bola na área na direção de Vina e Carleto tentou cortar, mas acabou empurrando para o próprio gol: 2 a 2.

O time baiano quase fez mais um aos 12 minutos, quando Gabriel Furtado soltou a bomba e acertou o travessão do goleiro Fernando Prass. O alvinegro não se intimidou e continuou pressionando a saída de bola do rival. Vina roubou a bola de Mauricio Ramos e ela chegou até Fernando Sobral, que invadiu a área e aos 15 minutos chutou de pé direito: 3 a 2. 

A reação do Vitória aconteceu com Jordy Caicedo, que marcou quatro minutos após entrar em campo. Ele substituiu o volante Guilherme Rend, apareceu na pequena área e aproveitou um rebote de Fernando Prass para empatar.

O gol da classificação do Vitória quase saiu aos 31 minutos, quando Rafael Carioca soltou a bomba da intermediária, mas a bola tocou no travessão e saiu. No entanto, uma jogada de escanteio definiu o placar: Samuel Xavier tocou para Lima, que entrou em campo aos 34 minutos e fez o gol da vitória do Ceará aos 43 minutos.

Próximos jogos

Eliminado, o Vitória concentra seus esforços na disputa da Série B. O próximo desafio é no sábado (29) diante do líder Paraná Clube. Já o Ceará viaja para Goiânia, onde encara o Atlético-GO no domingo (30).

Os confrontos da quarta fase da Copa do Brasil serão definidos por sorteio. Antes disso, estão previstos mais dois jogos: Brusque x Brasil de Pelotas e São José-RS x Atlético-GO, que acontecem nesta quinta-feira (27).

VAVEL Logo