Com virada relâmpago nos acréscimos, Cuiabá vence Chapecoense e assume liderança da Série B
Foto: Márcio Cunha/ Chapecoense

Cuiabá e Chapecoense entraram em campo pela sexta rodada da Série B brigando pela liderança da competição. A Chape vencia até a reta final, mas o Dourado conseguiu dois gols nos acréscimos e venceu por 2 a 1, mantendo a invencibilidade no ano e assumindo a ponta da competição.

As duas equipes chegaram até esta sexta-feira (28) sem sofrerem nenhum gol na competição e com quatro gols marcados. A igualdade também se refletia na pontuação, com 10 pontos, as equipes tinham possibilidade de assumir a liderança isolada da Série B com uma vitória.

Lei do ex

Com apenas seis, o ponta Paulinho Moccelin venceu a dividida no meio campo e deu bela arrancada do campo defensivo da Chapecoense e finalizou da entrada da área marcando um belo gol. O atleta atuou pelo Cuiabá em 2016 e marcou seu primeiro gol na Série B 2020 em seu ex-clube.

Depois do gol sofrido, o Dourado buscou o ataque e criou uma boa oportunidade em bola trabalhada que chegou até os pés de Jenison que finalizou forte e parou no goleiro João Ricardo que fez bela defesa. Aos 40 minutos, em cruzamento da esquerda Felipe Ferreira vence no alto e cabeceou muito perto do gol da Chapecoense.

Buscando o empate, o mandante conseguiu criar muitas oportunidades de gol, porém pecou na finalização. No total, foram oito finalizações no primeiro tempo e somente uma finalização foi no gol do goleiro João Ricardo.

Expulsões

Logo no início do segundo tempo, o jogo esquentou na Arena Pantanal. Em jogada próxima a linha lateral Hayner, do Cuiabá, deu uma joelhada na barriga de Anselmo Ramon. O atacante da Chapecoense revidou com um soco no queixo do jogador adversário. O árbitro Fábio Augusto Santos Sá Junior, com a ajuda de seus assistentes, expulsou os dois diretamente.

Com a vantagem no placar e com 10 homens em campo, a equipe comandada por Umberto Louzer adotou uma postura defensiva no segundo tempo, apostando na velocidade de Paulinho nos contra ataques. O mandante avançou o time para não perder a invencibilidade em 2020, porém pouco conseguiu criar durante o segundo tempo.

Virada relâmpago

Aos 47 minutos, o Cuiabá conseguiu furar a forte marcação da Chapecoense. Após belo cruzamento da esquerda, o zagueiro Anderson Conceição apareceu na área para cabecear e empatar a partida em 1 a 1. Apenas um minuto depois, o atacante Yago pegou a sobra na área e de perna esquerda finalizou forte e rasteiro sem chances para o goleiro adversário e garantiu a vitória do Cuiabá.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória por 2  a 1, a equipe mato-grossense manteve a invencibilidade em 2020 que já dura 15 jogos, com 10 vitórias e 5 empates. Na Série B, o Dourado também está embalado com 4 vitórias seguidas, a vitória contra a Chapecoense fez a equipe chegar aos 13 pontos e se isolar na liderança da competição superando o Paraná com 11 pontos.

A equipe mato-grossense embalada com quatro vitórias seguidas busca se manter na liderança da competição contra o Botafogo-SP na terça-feira (1º) às 17h, em Ribeirão Preto. Após o primeiro tropeço na Série B 2020, a Chapecoense busca a recuperação contra o Juventude no mesmo dia, às 20h30, na Arena Condá. Com a derrota, a Chape ficou na terceira colocação da tabela da Série B de 2020.

 

VAVEL Logo