Pressionados na zona de rebaixamento, Atlético-GO e Ceará se enfrentam para deixar degola
Foto: Divulgação/Atlético-GO

Na noite deste domingo (30), o Atlético-GO enfrenta o Ceará, às 18h, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia/GO, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Sem surpresas, o Dragão vai a campo para conquistar os três pontos após duas derrotas seguidas, a situação do clube não é boa porque está em 17ª posição com quatro pontos, enquanto o Vozão tenta encaminhar a segunda vitória seguida, estando na 19ª posição também com quatro pontos.

O retrospecto entre as equipes é favorável ao Atlético-GO, que em 15 partidas, venceu seis, empatou cinco e perdeu quatro para o Ceará. A partida além de marcar o histórico do confronto, vai para o caminho da sobrevivência na primeira metade do Brasileirão com os dois times na zona do rebaixamento precisando conquistar os pontos a qualquer custo.

Necessidade de resultados positivos

Com poucas novidades, o Atlético-GO vai para o jogo com o retorno do meia-atacante Everton Felipe e com a boa notícia de que o elenco testou negativo para o Covid-19. O jogador deve pegar a vaga do meia Matheuzinho. O zagueiro Éder, que sofreu uma pancada no final da partida em Porto Alegre, está recuperado e deve compor o elenco na lista de relacionados.

Vencer e convencer

Para o lado do adversário, o Ceará vai em busca da segunda vitória consecutiva para aliviar dentro e fora de campo a fim de escapar da zona de rebaixamento. A tendência é de que a formação tática da partida anterior na vitória sobre o Bahia seja mantida, porém com as entradas de Tiago Pagnussat no lugar de Gabriel Lacerda e o retorno de Cléber, artilheiro do Vozão no Brasileirão, no lugar do experiente Rafael Sóbis.

Ficha técnica de Atlético-GO x Ceará

Campeonato Brasileiro da Série A 2020 – rodada #6

Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia/GO – 18 horas deste domingo (30)

Atlético Goianiense – Jean; Dudu, Éder, Gilvan e Nicolas; Edson, Marlon Freitas e Jorginho; Éverton Felipe (Matheuzinho), Hyuri e Gustavo Ferrareis. Técnico: Vágner Mancini.

Ceará – Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles e Fabinho; Fernando Sobral, Vinícius e Leandro Carvalho; Cléber. Técnico: Guto Ferreira.

Arbitragem de campo – Igor Junio Benevenuto de Oliveira (CBF/MG), auxiliado por Ricardo Junio de Souza (CBF/MG) e Sidmar dos Santos Meurer (CBF/MG), com Osimar Moreira da Silva Júnior (CBF/GO) como quarto árbitro

Arbitragem de vídeo (VAR) – Wagner Reway (CBF/PB), auxiliado por Ricardo Marques Ribeiro (CBF/MG) e por Paulo de Tarso Bregalda Gussen (CBF/BA)

VAVEL Logo