Em jogo com poucas chances de gol, Figueirense e Confiança empatam
Foto: Patrick Floriani / FFC

Neste sábado (29), Figueirense e Confiança se enfrentaram no Orlando Scarpelli, às 19h, pela Série B do Brasileirão, e protagonizaram jogo morno e com poucas chances de gol. Pior para os sergipanos que seguem sem vencer e na zona de rebaixamento da competição.

Muito lentidão, pouca criatividade

Nos dois tempos as equipes pouco criaram chances de gol e tiveram a lentidão na transição das jogadas e a pouca criatividade como características convergentes. A primeira chance de gol foi do Confiança logo aos 2', quando Iago tocou em profundidade para Bruno Paraíba, que bateu cruzado para a área e ninguém aproveitou.

O Figueira arriscou duas vezes de fora da área, aos 16' e 18', com Sanches e Elyeser, respectivamente. Em ambas Rafael Santos defendeu com tranquilidade. A melhor oportunidade na primeira parte foi dos donos da casa, quando Jeferson Lima saiu tocando errado e deu de graça para Keké, que avançou e finalizou por cima do gol, aos 36'.

A diferença do Confiança em relação as partidas anteriores foi em relação a saída de bola. Invés de abusar do chutão, o time azulino buscou sair tocando, porém, sem velocidade e verticalidade. Já o Figueirense teve como ponto interessante a transformação do lateral direito Lucas em ponta, com Elyeser cumprindo função de terceiro zagueiro para cobrir as subidas do jogador.

Após o intervalo o Furacão voltou buscando mais o ataque, mas ainda sem poder de criação, muito em função da partida apagada do camisa dez Marquinho. Apesar disso, o Figueira chegou com perigo aos 49' quando Éverton Santos tocou para Elyeser dentro da área e Djalma Santos tirou o gol ao travar o chute. No mais, por parte dos donos da casa não houve outra jogada perigosa.

O Confiança, apesar da postura defensiva, chegou com perigo em duas oportunidades. Primeiro aos 12' quando Ari Moura bateu escanteio fechado e Bruno Paraíba desviou sem força para Sidão cair firme e segurar. Depois aos 23', quando Djalma Santos cobrou lateral forte na área, a bola sobrou para Ari Moura na entrada da área e ele emendou bonito chute de primeira que parou na trave.

Para o Figueirense o empate não foi dos piores, visto que Elano estreou como treinador sem ter tempo de treinar a equipe. Já para o Confiança o gosto é mais amargo mesmo jogando fora de casa, visto que o time azulino ainda não venceu na competição e se encontra na zona de rebaixamento.

Classificação e próximos compromissos

Com o ponto somado o Figueirense fica na décima terceira colocação, com cinco pontos somados. Na próxima rodada os comandados do técnico Elano vão enfrentar o Náutico, fora de casa, na terça (01), às 21h30.

O Confiança permanece na décima oitava colocação, com três pontos somados. Na próxima rodada o time sergipano vai receber o Vitória, na Arena Batistão, terça (01), às 21h30. 

VAVEL Logo