Com dois pênaltis, Ponte Preta supera Sampaio Corrêa e salta à vice-liderança da Série B
Ponte Preta venceu Sampaio Corrêa no Castelão (AA Ponte Preta/Divulgação)

Em campo, um duelo de opostos. O lanterna da competição contra uma equipe que lutava para entrar no G4 - grupo das equipes que conquistam o acesso à Série A. Apesar da disparidade técnica, a partida foi parelha. E, mais do que isso: a Ponte Preta, em melhor fase, apenas venceu o Sampaio Corrêa, no Castelão, neste sábado (29), com dois pênaltis controversos.

A Macaca volta para Campinas dormindo na vice-liderança da Série B 2020, enquanto a Bolívia Querida segue sem um ponto sequer no torneio. Não foi essa a impressão, porém, que o começo da partida deu em quem estava acompanhando a peleja.

Eficiência pontepretana

O Sampaio Corrêa começou o jogo disposto a mostrar que a péssima classificação da equipe era, apenas, fruto do acaso. Marcinho cobrou falta desviada pela defesa da Macaca na trave e Vinícius Kiss desceu pela direita antes de chutar cruzado com perigo ao gol de Ivan.

Em dois minutos, porém, a Ponte reagiu. Aos 27, Moisés encheu o pé de longe e Neguete faz boa defesa. Segundos depois, Wellington Carvalho, na visão do árbitro, foi derrubado por Marcão na área. João Paulo cobrou rasteiro no canto direito. Aos 44 minutos, nova penalidade. Marcão chegou forte em Moisés na área e o mesmo João Paulo, mais uma vez, converteu - agora, cobrando na esquerda e deslocando Neguete.

Pressão boliviana

O Sampaio Corrêa voltou para o segundo tempo querendo estragar a festa da Ponte Preta em casa. E quase conseguiu. Marcinho escorou cruzamento de Daniel Penha muito perto do gol de Ivan aos 14 minutos. Segundos depois, Caio Dantas arriscou da entrada da área e obrigou Ivan a defender bem. 

O gol boliviano, que ia amadurecendo, saiu aos 21 minutos. Daniel Felipe serviu André Luiz, que chutou colocado. Aos 25, Marcinho, novamente em cobrança de falta, assustou a Ponte Preta - mas, agora, ele colocou a bola na medida para Daniel Penha, que desperdiçou. 

Os maranhenses, porém, foram perdendo o fôlego. Tanto que, dali para frente, apenas a Ponte Preta chegou. E uma única vez, com Matheus Peixoto desarmando Vinícius Kiss e finalizando mal. 

Classificação e próximos jogos

Na próxima rodada da Série B, o Sampaio vai até o Rei Pelé encara o CRB, na quarta-feira (02), às 19h (Horário de Brasília). Um dia antes, no Durival de Britto, às 19h15 (Horário de Brasília), a Ponte Preta encara o Paraná.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo