Cuca lamenta derrota para Flamengo e critica VAR: "Está
ficando chato"
Foto: Divulgação/Ivan Storti/Santos FC

O técnico Cuca mais uma vez fez críticas ao VAR após a derrota do Santos para o Flamengo por 1 x 0, neste domingo (30), na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 15 minutos do primeiro tempo, o Santos já havia feito dois gols, com Raniel e Marinho, mas ambos foram anulados por impedimento com a ajuda do árbitro de vídeo André Luiz de Freitas Castro. Wilton Pereira Sampaio foi quem apitou em campo.

O técnico Cuca se mostrou bastante incomodado com a demora- foram quase 10 minutos de espera para confirmar os impedimentos.

"O resultado pode ter escapado, mas a boa partida não. O que nós fizemos nos dá um norte muito maior do que ganhar um jogo que não mereceu. Nós envolvemos o adversário, principalmente no primeiro tempo. Fomos penalizados com uma falha e tomamos o gol, mas jogamos um futebol que era para estarmos saboreando o bom jogo, mas no fim estamos discutindo a manga da camisa na frente. Isso que está ficando chato. Os caras estão chamando a arbitragem para ficar discutindo cinco minutos. Não tem como o jogador não ficar pilhado. Todo mundo fica louco. Parece aquele jargão do Cleber Machado: "Hoje sim, hoje sim, hoje não". De novo não? Está chato", disse Cuca.

"Não entendo mais as regras do VAR. Jogador, comissão técnica e até a arbitragem fica pilhada, mais por causa do VAR do que tudo. Hoje, o André (Luiz de Freitas Castro), que é parceiro lá de Goiânia, brincou no VAR, né? Queria poder falar do jogo bom que a gente fez. O que ficou de bom é isso. Às vezes, um bom jogo assim vale mais do que o resultado" completou o treinador.

O técnico acredita que os gols anulados mexeram com o psicológico dos jogadores.

"Eu me vi louco para segurar o Marinho. Ele foi o mentor das jogadas do gol. A felicidade extrapolada vindo acompanhada de uma tristeza enorme, que é o cara não poder comemorar o gol. Hoje, quem apita o jogo é o árbitro de vídeo ", concluiu Cuca.

O Santos volta a campo na quarta-feira (2), quando enfrenta o Vasco, às 21h30, na Vila Belmiro. O jogo é válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo