Com Guarani ameaçado pelo Z-4, Lucas Crispim prega "pés no chão" para retomar boa fase 
Foto: David Oliveira / Guarani FC

Titular do Guarani, o meia atacante Lucas Crispim marcou o primeiro gol dele na Série B na última segunda-feira (31), no empate com o Oeste em Campinas, na abertura da sétima rodada.

"Muito feliz pelo gol, venho buscando há muito tempo, mas estou triste pelo resultado. Nós pecamos na bola parada, a gente vem trabalhando isso dia a dia e infelizmente não conseguimos evitar o gol", lamentou o camisa 10 do Guarani na saída do gramado ao após o 1 a 1.

Com apenas uma vitória em seis jogos, o Guarani pode terminar a rodada na zona de rebaixamento porque soma apenas três pontos na Série B, assim como CSA, Brasil de Pelotas e Confiança, sendo que os dois últimos estão no Z-4 e jogam como mandantes nesta rodada.

"Agora é ter pés no chão, tem muita coisa pela frente, não pode baixar a cabeça", completou Crispim, que fez um gol de falta no início do segundo tempo. No lance, o zagueiro Matheus Dantas cometeu a falta na entrada da área, ele bateu de pé direito e acertou o canto esquerdo do goleiro Luiz. Mais tarde Sidimar empatou de cabeça.

O Guarani terminou a fase de classificação do Campeonato Paulista em oitavo lugar, com 16 pontos em 12 jogos. Foram quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Na sequência a equipe disputou o Troféu do Interior e avançou até a final, perdendo por 1 a 0 para o Red Bull Bragantino. No entanto, após um início ruim na Série B, a diretoria demitiu o técnico Thiago Carpini e contratou Ricardo Catalá, que levou o Mirassol à semifinal do Paulistão.

Neste momento o Guarani está em 15º lugar na Série B, mas aguarda o complemento da sétima rodada e pode perder até três posições. A equipe volta a campo no sábado (5), quando encara o Operário-PR no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR.

VAVEL Logo