Alan Franco brilha, Atlético-MG se recupera no Brasileiro e tira
invencibilidade do São Paulo
Meia comemora o segundo gol (Foto: Bruno Cantini/Atlético)

O Atlético-MG venceu o São Paulo por 3 a 0 nesta quinta-feira (3) em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Mineirão. Dois gols foram marcados na primeira etapa pelo equatoriano Alan Franco, e Jair fechou no placar no segundo tempo.

Tricolor tem gol anulado pelo VAR, e Galo se aproveita

O primeiro tempo foi bastante intenso. O São Paulo começou tomando as rédeas da partida e era dono de maior posse de bola. Até os 15 minutos, a equipe paulista tinha seis finalizações contra apenas uma do Galo. Dessas, duas haviam explodido no travessão, em lances com os atacantes Luciano e Paulinho Bóia.

Diante de tanta pressão, os visitantes saíram na frente com Luciano, após belo passe do volante Tchê Tchê, aos 28 minutos. Contudo, o VAR assinalou impedimento do atacante no lance.

De protagonista, Tchê Tchê foi a vilão. Aos 34 minutos, o volante perdeu a bola após pressão dos jogadores do Atlético-MG. Com boa visão, o volante Jair acionou o meia Alan Franco, que tocou na saída do goleiro Tiago Volpi, e abriu o placar.

O São Paulo sentiu o gol. O Galo cresceu na partida e passou a dominar o jogo. O iluminado Alan Franco ampliou o placar aos 44 após bola lançada da defesa, pelo goleiro Rafael.

Ao final do primeiro tempo o alvinegro tinha 16 desarmes, contra sete do São Paulo, que também havia perdido boa porcentagem da posse de bola depois do primeiro gol.

Galo consolida grande vitória

O São Paulo não havia se recuperado dos dois tentos do primeiro tempo. O Galo se postava melhor em campo em busca do terceiro gol, que veio com o volante Jair, aos 13 minutos, em jogada de escanteio.

Em ampla desvantagem, o técnico Fernando Diniz resolveu lançar a equipe ao ataque, e deixou apenas um jogador protegendo a defesa. No entanto, a estratégia não funcionou. O goleiro Rafael não trabalhou no segundo tempo.

Pelo lado do Galo, Jorge Sampaoli não obstante, também jogou o time para frente, mas o time tirou o pé do acelerador e buscou mais administrar o placar. O Atlético-MG teve duas grandes chegadas ao ataque com o atacante Keno, que não foi feliz nas conclusões das jogadas.

A partida foi decidida após um erro do volante Tchê Tchê, que bagunçou o esquema tático da equipe paulista e deu gás para os donos da casa imporem o seu jogo.

Na etapa final, a equipe de Sampaoli conseguiu reverter boa parte das estatísticas em relação ao primeiro tempo, ao atacar mais e permanecer mais tempo com a bola no pé.

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado, o Galo chegou à terceira colocação, com 12 pontos ganhos. O clube tem um jogo a menos. No próximo domingo (6), enfrenta o Coritiba, às 20h30, no Couto Pereira.

Já os paulistas permanecem na segunda posição, com 13 pontos. Também no domingo, porém às 16h, o time de Fernando Diniz recebe o Fluminense, no Morumbi. 

VAVEL Logo