Luxemburgo elogia Palmeiras após virada sobre Bragantino: “Merecemos vencer”
Foto: Palmeiras / Divulgação

Debaixo de um calor intenso em Bragança Paulista, no Nabi Abi Chedid, Red Bull Bragantino e Palmeiras fizeram um jogo movimentado no último domingo (6), com muito assunto para polêmica – o VAR de novo aparecendo de forma estranha - e com bom futebol de ambas as equipes.

O Verdão voltou a vencer depois de 2 empates seguidos e continua sendo o último invicto do campeonato, já o time de Bragança Paulista continua na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O Massa Bruta saiu na frente com gol de Claudinho, mas as mudanças de Luxemburgo fizeram efeito e Veron e Willian viraram a partida, fechando o placar em 2 a 1 para o Verdão.

Vanderlei Luxemburgo em entrevista coletiva pós jogo, elogiou os garotos que subiram da base: “O Gabriel Menino já vem atuando, mas vem fora de posição. Hoje usei ele até de lateral. É versátil e tem muita força física. O Wesley acertou, errou, mas preocupou a defesa. É um velocista. O Verón já tem mais experiência. Ele entra e tem o drible, o ‘quebrar linhas’, a finalização. Eu contava muito com a volta dele”.

Sobre a mudança na escalação, com a troca de Patrick de Paula por Danilo: “Como o jogo foi às 11 hs da manhã, preferi um time mais enxuto. O Patrick vinha bem, mas cansou e coloquei o Danilo, que tem as características parecidas com as do Patrick”.

O Palmeiras vem sofrendo críticas sobre o modo como tem atuado, irritando grande parte da torcida. Luxa comentou sobre isso: “Sobre as críticas, eu estou acostumado, estou nisso há muitos anos. As críticas a respeito do futebol apresentado pelo time foram corretas, mas acho que algumas são exageradas ou até são feitas por causa de perseguição. A gente tem que saber filtrar”.

Sobre o ataque que não vem sendo tão eficiente, o treinador disse: “Temos que encaixar algumas coisas ainda. Temos o Luiz Adriano que é de área, o Veron e o Wesley pelos lados, o Lucas Lima que estou usando mais na “beirada” agora. Hoje conseguimos encontrar mais facilidade à frente, mas muito por causa do jogo do Inter, que é muito intenso. Saímos jogando e por causa da movimentação dos jogadores conseguimos encontrar espaços. Os jogadores se procuraram mais”.

Sobre o Dérbi na próxima quinta-feira (10): “Vamos colocar eles no ´Pijama Training´ amanhã, para eles descansarem bastante, porque é um clássico importante. O Corinthians tem um dia a mais de preparação, então a gente vai recuperar hoje e amanhã para, a partir de terça (8), já começar a preparar a equipe que vai jogar na casa do adversário”.

Ainda sobre a garotada da base: “Eu sempre coloquei bastante a garotada para jogar. Por exemplo no Vasco, um dia olhei o Thalles Magno no treino, ele estava com 16 anos, eu vi ele jogando bem e coloquei ele para jogar um clássico contra o Flamengo. O Palmeiras hoje tem referências na categoria de base. São campeões, tem que colocar eles para jogarem. Hoje foi o Danilo, outro dia foi o Gabriel Silva, que também tem um potencial enorme. São seis jogadores ao todo. Se parar para analisar dá quase 30% do elenco atual”.

Luxa completou 400 jogos pelo Palmeiras e descreveu a sensação de ser top 3 treinadores que mais estiveram à frente do clube (somente Osvaldo Brandão e Felipão tem mais jogos que ele): “São 400 jogos. É uma marca boa, né?! Muito feliz de estar aqui nessa casa que eu conheço tão bem. Assim como conheço o torcedor Palmeirense, que é muito crítico. Eles vêm no meu Instagram e descem a porrada, mas elogiam também quando tem que elogiar. Normal”.

Sobre a vitória de virada – a terceira no ano – ele comentou: “Hoje merecemos a vitória, estávamos melhor e eu acalmei os jogadores, pois ainda tinha muito tempo de jogo depois do gol deles. Eu ainda tinha as cinco alterações a fazer. Eu fiz as mexidas necessárias e podemos sair com a vitória”.

 Na próxima rodada o Verdão terá o Corinthians, na Neo Química Arena, na próxima quinta-feira, já o Massa Bruta vai ao Morumbi encarar o São Paulo, em busca da redenção no campeonato.

VAVEL Logo