Eduardo Coudet indica que pode poupar jogadores contra o Goiás
Foto: Divulgação / Sport Clube Internacional

O Internacional venceu o Ceará por 2 a 0 na noite desta quinta-feira (10), no Beira-Rio, em partida válida pela nona rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Não faltou intensidade por parte do Colorado, o que é sempre um pedido do técnico Eduardo Coudet. A postura agressiva na marcação desde a saída de bola da equipe adversária é uma exigência do treinador.

“Se eu gosto de um time físico e intenso, preciso que todos corram e corram muito. Sempre digo que o Inter não caminha. É minha frase de cabeceira”, brincou o treinador.

Líder isolado do Brasileirão com 20 pontos, o Coudet indicou que pode poupar alguns jogadores para a próxima partida diante do Goiás pela décima rodada.

"Amanhã vamos nos preparar para o jogo contra o Goiás, vai ser muito difícil. Nós vamos ver quem são os que estão bem e melhores fisicamente. Vamos jogar na linha de pensamento do que vamos precisar nos próximos três dias, visando a Libertadores [duelo contra o América de Cali]. Como dizem que vou escalar esse ou aquele? Só eu tenho essa ideia. Eu não falo nem para a minha mulher”, disse em tom descontraído.

“Brasileirão é muito longo. Tem equipes que um grupo mais numeroso e experiente. Vamos analisar jogo a jogo. Certamente seremos competitivos no domingo. Não posso estar pensando no jogo contra o América. Não sei o que vai acontecer contra o Goiás. Não posso confirmar nada. Só posso dizer que não teremos 7 jogadores contra o América de Cali por suspensão e lesão”, lembrou.

O Internacional volta a campo no próximo domingo (13), contra o Goiás, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, às 18h (de Brasília), em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro Série A.

VAVEL Logo