Após marcar dois gols, Fernando Diniz defende meia Gabriel Sara de críticas
Foto: Rubens Chiri/São Paulo

Santos e São Paulo empataram em 2 a 2, na Vila Belmiro, neste sábado (12), em um movimentado clássico válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Os gols da equipe santista foram marcados pelo lateral Madson e pelo atacante Marinho, em cobrança de falta. Pela equipe tricolor, Gabriel Sara balançou a rede duas vezes.

Sara, meio campista do São Paulo, vinha de más atuações e sendo cobrado recorrentemente pela torcida do Tricolor. Com os dois gols marcados no Sansão o atleta deve ganhar mais confiança. Fernando Diniz, treinador da equipe, se irritou com a maneira que uma pergunta foi feita e falou em defesa do jovem atleta:

“Todo mundo querendo massacrar o moleque como se fosse um jogador pequeno, menor, e o treinador um idiota colocando para jogar. Não é nada disso”, defendeu Diniz. 

Fernando Diniz estava bem exaltado durante a coletiva. O treinador mostrou não gostar da forma que jogadores são tratados no Brasil. Diniz criticou severamente a forma como a mídia e parte dos torcedores costumam “queimar” os jogadores. 

“Não é porque ele (Sara) fez os dois gols. É porque ele é bom, se não fosse não estaria jogando e passa por esse processo de transição. Assim vamos matando um monte de moleque, que poderia ser jogador, porque tem de suportar o moedor de gente. Ele não para. Quer sempre o sangue. Hoje devem estar falando do Tiago Volpi. Que falhou, mas não é legal falar da defesa que fez superdifícil no chute do Luciano (contra). Ele fez um milagre. Vai falar da falha, como devem ter falado da falha do Cássio (do Corinthians) contra o São Paulo. Sempre o negativo”, completou, de maneira crítica. 

Gabriel Sara também comentou sobre as críticas que ele vêm recebendo na equipe Tricolor:

“As críticas são do esporte. Em clube grande sempre vão ter críticas, mas também vai ter apoio. Tenho que saber lidar bem com isso. Não é uma resposta, é meu trabalho. Sentir, a gente sente um pouco, mas temos que seguir em frente. Pude ajudar a equipe com dois gols, mas não saímos com a vitória”, disse o meia. 

Com esse empate, o São Paulo assumiu momentaneamente a segunda colocação da tabela, podendo ser ultrapassado ainda neste domingo. Vale ressaltar que a equipe Paulista irá encerrar a rodada com uma partida a mais que seus rivais.

O próximo compromisso do São Paulo será na próxima quinta-feira, contra o River Plate, pela Libertadores, no Morumbi. O clube só voltará a atuar pelo Brasileirão no dia 26, contra o Internacional, fora de casa.

VAVEL Logo