Estreia amarga: Bahia de Mano Menzes perde para Atlético-GO em casa
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Num jogo morno e pouco ofensivo, Atlético Goianiense venceu o Bahia com direito à lei do ex feita por seu goleiro. A partida aconteceu hoje (13), na Arena Fonte Nova, pela 10ª rodada do Brasileirão. O gol da partida foi marcado por Jean, revelado pelo Bahia. Vale lembrar que a partida de hoje marcou a estreia de Mano Menezes pelo Bahia.

Estratégias

Na estreia de Mano, o Bahia foi para a partida num 4-1-4-1. Com Douglas no gol, Nino Paraíba e Juninho pelas laterais, fazendo o papel de lançadores do time que tentou atuar de forma reativa e Ernando e Juninho (expulso) na zaga, finalizando o sistema defensivo do clube baiano.

Ronaldo foi o volante do time, fazendo o papel de recuperar a bola na defesa e lançar às pontas, Jadson jogou um pouco mais avançado, como segundo volante, recuando as linhas quando o time jogava sem bola e ajudando na saída de bola quando a equipe tinha a posse de bola.

Rodriguinho jogou mais avançado, dando o último passe e pisando na área. Clayson e Elbér fizeram os papéis de pontas, quebrando as linhas defensivas do Atlético e puxando o contra-ataque. Gilberto fez a função de atacante centralizado, esperando um cruzamento ou uma sobra na grande área.

Vagner Mancini foi para a partida também num 4-3-3. Jean foi o goleiro, Nicholas e Dudu nas laterais, abrindo o jogo para o volante e Eber e João Victor na zaga. Édson e Lucas Oliveira foram os volantes e tiveram o papel de avançar as linhas e ajudar na saída de bola, enquanto Chico jogou pelo meio-campo, articulando o jogo e revezando com Ferrareis algumas vezes.

Ferrareis jogou como ponta, revezando c Chico às vezes, e junto de Janderson foi encarregado de auxiliar na chegada ao ataque. Renato Kayzer jogou flutuando pelo centro.

Atlético Goianiense buscou o jogo e venceu com méritos um Bahia pouco propositivo

Enquanto o Atlético Goianiense foi ao jogo com uma proposta mais ofensiva, visando fazer um jogo mais centralizado, mas verticalizando em alguns momentos, o Bahia foi ao jogo buscando uma vitória magra, com um ou dois gols de contra-ataque.

A tática do Atlético começou dando certo, com Renato Kayzer cabeceando com perigo no meio da defesa do Bahia aos 13 minutos. 

Aos 28 minutos, Nicolas recebeu a bola distante da área e chutou com perigo ao gol de Douglas, que quase tomou um golaço.

Janderson foi o autor do lance mais claro de gol do primeiro tempo, aos 35 minutos, após receber a bola na intermediária da área, saiu driblando a defesa tricolor, driblou Douglas e chutou no gol. Juninho, do Bahia, mandou a bola para fora em cima da linha.

O Atlético chegou ao gol com Jean, que após bater falta uma barreira chutou forte, sem chances para o goleiro do Bahia. A equipe goiana colocou a bola na rede aos 38 minutos.

No finzinho do primeiro tempo, o Atlético quase marcou com ótima cobrança de falta de Nicolas que obrigou Douglas a fazer uma defesa dificílima!

Ao fim do primeiro tempo, Mancini mostrou ter treinado um sistema ofensivo com seus meio campistas, que chegaram à intermediária da área com mais frequência e conseguiu dar bons passes aos atacantes, além de aliviar o trabalho dos pontas do time.

O Bahia, por sua vez quase não apareceu para a partida, no primeiro tempo.

Mano Menezes mudou o time no início do segundo tempo e colocou Rossi (no lugar de Clayson) e Daniel (no lugar de Jadson). As mudanças aumentaram a eficiência ofensiva, de forma que o setor lateral do Bahia recebesse mais velocidade e qualidade de passe. 

A equipe chegou com perigo ao gol do Atlético Goianiense, já aos 11 minutos.

O Bahia balançou as redes com Juninho, aos 20 minutos, mas o jogador estava impedido. O jogo só voltou a ter um lance importante aos 46 minutos, quando Juninho foi expulso (após bater no rosto de Matheus Vargas).

Próximos compromissos

O Atlético Goianiense enfrentará o Fluminense, na próxima quarta-feira (14), pela Copa do Brasil, no jogo de ida da competição e busca mais um bom resultado sobre uma equipe carioca.

O Bahia, já eliminado da Copa do Brasil, enfrentará o Corinthians, também na quarta-feira (14) e acredita em vitória contra a equipe alvinegra que vem de más atuações.

VAVEL Logo