Passagem encerrada: ainda com imbróglio na justiça, atacante Uribe deixa Santos
Foto: Ivan Storti/Santos FC

A Câmara Nacional de Resolução e Disputas (CNRD) liberou o atacante Fernando Uribe do seu vínculo com o Santos, mas indeferiu o pedido de rescisão contratual por justa causa solicitada pelo atacante.

O atacante cobrava cerca de R$ 2 milhões por conta da redução de 70% nos quatro meses de pandemia de Covid-19. Porém, antes de encerrar o prazo de 15 dias, como prevê a legislação da Fifa, o Santos quitou os valores em aberto.

O Santos entende que o jogador pediu demissão e, cobra na justiça o valor de 15 milhões de euros (R$ 95 milhões) referente a multa.

A entidade extrajudicial vinculada a Confederação Brasileira de Futebol alertou que qualquer clube interessado em contratar Fernando Uribe, deverá pagar uma indenização ao Peixe.

Uribe chegou ao Santos em maio de 2019, a pedido do ex-técnico santista Jorge Sampaoli. O atleta tinha contrato com o Peixe até o fim de 2022. O atacante, porém, disputou 16 partidas e não marcou nenhum gol pela equipe santista.

Fernando Uribe ouve interessados e não descarta voltar para o exterior, mas a tendência é de permanecer no seu país. Deportivo Cali e Tolima querem o atacante. A ação continuará na CNRD após o pedido de urgência ser negado.

VAVEL Logo