Luxemburgo lamenta empate nós acréscimos: "Faltou segurar a bola no ataque"
Foto: TV Palmeiras/FAM

Neste domingo (20), o Palmeiras ficou no empate com o Grêmio em 1 a 1, na Arena do Grêmio, em partida válida pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O alviverde saiu a frente no placar, com Raphael Veiga, mas cedeu o empate nós acréscimos, somando seu sexto empate na competição nacional.

O técnico Vanderlei Luxemburgo lamentou o gol sofrido, que impediu a equipe paulista de se aproximar do líder Atlético-MG, mas aumentou aumentou a invencibilidade do time para 16 jogos.

"A estratégia foi bem feita, eles entenderam a proposta de jogo no primeiro e no segundo tempo. Soubemos jogar o jogo. As mudanças foram no sentido de deixar o time mais agressivo. O Palmeiras jogou uma partida que não foi maravilhosa tecnicamente, mas entendendo o adversário. Não vi o Weverton fazendo nenhuma defesa que eles estivessem forçando e ele defendendo", analisou.

"Gols acontecem, não é questão de falta de atenção. Faltou segurar mais a bola no ataque, com a vantagem, não ter a necessidade de querer fazer o gol. Tem que tocar a bola e ganhar mais tempo. Se estivéssemos perdendo de 1 a 0 e empatássemos no fim, seria normal. São dois jogos que deixamos o adversário empatar. A gente se incomoda, o torcedor, os jogadores. temos que trabalhar isso aí, estamos deixando a vantagem muito no fim. Futebol é assim, alguém sai lamentando algo, e hoje fomos nós", disse.

Luxa também aproveitou para fazer elogios ao garoto Danilo, titular pela primeira vez desde que subiu ao profissional do Palmeiras.

"Foi muito bem, tem uma característica de olhar muito na frente. Ele marca bem, dá dinâmica e olha para a frente com qualidade. Ele é jovem, chegou, vai ocupar seu espaço naturalmente, sentiu cãibras no fim pela emoção, uma série de coisas, mas teve uma grande atuação", declarou.

O treinador também aproveitou para falar da partida diante do Guarani-PAR, pela Libertadores.

"Jogo importante, eles têm seis pontos, a gente tem nove. É um time muito forte fisicamente, jogadores altos, jogam na força. Vamos para lá jogar, fazer um bom jogo. Temos condições de fazer um bom jogo como fizemos em La Paz", completou.

O Palmeiras segue de Porto Alegre direto para Assunção, no Paraguai, onde enfrentará o Guaraní-PAR, na quarta-feira (23), às 21h30, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

VAVEL Logo