Com canelite, Alison desfalca Santos na Libertadores
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Após o empate sem gols com o Botafogo no último domingo (20), no estádio Nilton Santos, em partida válida pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o Santos agora foca apenas na partida desta quinta-feira (24), diante do Delfín, do Equador.

Para a partida diante da equipe equatoriana, o técnico Cuca terá mais um desfalque: o volante Alison, que não jogou contra o Botafogo, ainda se recupera de uma canelite, dores na região da tíbia causadas pelo uso excessivo dos músculos, tendões e tecido ósseo dos músculos, tendões e tecido ósseo.

O camisa 5 do Peixe era esperado nesta segunda-feira (21), no Rio de Janeiro, para se encontrar com o restante do elenco, porém somente Soteldo viajou.

O técnico Cuca deve manter Diego Pituca como primeiro homem de marcação, já que o titular da posição será desfalque. 

Boletim Médico do Santos:

Luiz Felipe: sofreu uma avulsão do tendão do adutor esquerdo. Iniciou a transição, mas sem prazo para retornar;

Renyer: segue em transição para o gramado após a gravíssima lesão sofrida, o rompimento do ligamento cruzado do joelho direito;

Alison: canelite dores na região da tíbia e foi preservado.

Os zagueiros Luan Peres e Lucas Veríssimo estão pendurados com dois cartões amarelos na Libertadores.

Sendo assim uma provável escalação do Santos para o confronto no Equador é: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Arthur Gomes (Jean Mota); Soteldo, Marinho e Raniel (Kaio Jorge).

O Peixe é líder do grupo G, com sete pontos somados e volta a campo na quinta-feira (24), diante do Delfín, no Equador, às 23h(de Brasília), pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

VAVEL Logo