Argel Fuchs faz duras acusações contra Rodrigo Pastana: "Não trabalho com vagabundo"
Foto: Augusto Oliveira/CSA

Em reformulação, o CSA deu início a mudanças tanto de treinador como por parte da sua diretoria, e após demitir Argel Fuchs e Marcelo Barbarotti, o Azulão de Mutange anunciou na noite do último domingo (20) a contratação do técnico Mozart Santos e do diretor de futebol Rodrigo Pastana.

E foi justamente a chegada de Pastana que motivou o envio de um áudio com acusações sérias feitas pelo ex-treinador do clube.

Os dois trabalharam juntos no Coritiba e no Figueirense, e Argel revelou ter tido um problema pessoal com Pestana. Um dos áudios, inclusive, Argel agradece ao presidente do CSA, Rafael Tenório pela demissão, já que assim não teria mais de lidar com Pastana, e disse palavras fortes sobre o executivo de futebol.

Boa tarde, presidente Rafael, tudo bem? Queria agradecer o senhor por ter me mandado embora, porque eu trabalhar com esse vagabundo do Pastana… Esse cara é o maior pilantra que tem no meio do futebol, é o maior sem vergonha que tem. Tive um problema muito sério com esse rapaz lá em Curitiba, e eu gosto muito do senhor.

Cuidado com seu bolso, cuidado com o seu bolso porque esse cara é ladrão, é sem vergonha, é esquemeiro. Toma dinheiro de empresário, toma dinheiro de jogador... O senhor contratou uma raposa para tomar conta das galinhas. Então o senhor abra o olho.

Se eu soubesse que ele era o diretor, o senhor nem precisava ter me mandado embora que eu mesmo ia pegar e ia embora. Só quero fazer um acerto justo, mas nada e vida que segue. O senhor contratou um grande vagabundo, o maior pilantra que tá no meio do futebol, esse tal de Rodrigo Pastana, que o senhor contratou”, falou Argel.

Além do áudio para Rafael Tenório, Argel também enviou uma mensagem de voz para um grupo de técnicos de futebol.

Boa tarde, meus colegas de trabalho aí, a todos os treinadores aí do futebol brasileiro, essa classe que a gente tem. Eu venho aqui comunicar a vocês que eu não faço mais parte da equipe do CSA porque eu não trabalho com vagabundo, com pilantra, com sem vergonha, com safado, com diretor executivo que leva dinheiro de jogador, que toma dinheiro de empresário, que faz esquema com empresário.

Por isso que não compactuo com isso. E o CSA contratou um diretor que já eu tive problemas, e alguns dos meus colegas também já tiveram problema com esse, esse... pilantra, essa é a palavra certa. E eu não trabalho com pilantra, né? Então eu acabei saindo aqui, me liberando. Queria deixar isso registrado até porque algum de vocês vai trabalhar com esse diretor executivo e, certamente, alguns de vocês já tiveram o desprazer de trabalhar com esse cara.E esse cara é um mal para o futebol. Essa é a grande verdade. Deixo um abraço a todos e vida que segue. Ele já teve problema com vários companheiros nossos, inclusive comigo já, em dois lugares, no Figueirense e Coritiba. Então a gente precisa saber quem são os diretores executivos pilantras, e esse é o pilantra número um, bandido número um. Vagabundo, sem vergonha, certo? Queria deixar isso registrado aí, no apreço e no orgulho que eu tenho de participar desse grupo de treinadores aí, da nossa classe, até para a gente saber quando encontrar esse rapaz. Um grande abraço para vocês aí. Boa tarde”, completou.

VAVEL Logo