Cuca valoriza vitória do Santos contra Delfín, mas ressalta: "Poderia ter sofrido menos"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Após a vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Delfín, na madrugada desta sexta-feira (25), no Equador, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, o técnico Cuca valorizou a dura vitória de sua equipe.

A avaliação do treinador quanto ao desempenho dos seus comandados foi positiva, embora a ressalva sobre o poder de fogo. Cuca entende que o time santista poderia aproveitar algumas oportunidades de gol que acabaram sendo desperdiçadas.

Importante hoje é a vitória. Um jogo bem jogado dentro do possível, mas poderíamos ter matado o jogo. Não precisávamos sofrer como sofremos", disse.

Com a vitória sobre o Delfín, o Peixe segue líder isolado do grupo G, com dez pontos encaminhou a sua vaga para a fase mata-mata da Libertadores. O Defensa y Justicia, com seis pontos é o segundo colocado.

Autor do primeiro gol do Santos diante do Delfín, Marinho foi mais uma vez decisivo. Cuca aproveitou para elogiar o camisa 11 e diz que vê o atacante no radar da seleção brasileira.

Marinho está sendo muito importante para nós, e está sendo muito bem marcado. Temos variado ele de posição com a necessidade. O Tite já falou que está observando, lógico que é uma concorrência dura, mas ele está no radar. Daqui a pouco, quem sabe, ele tenha uma oportunidade”, concluiu Cuca.

O técnico Cuca admitiu também a dificuldade em manter uma boa sequência de jogos com plantel reduzido.

O Alvinegro Praiano segue sem poder contratar desde março, por conta de uma punição imposta pela Fifa, devido ao não pagamento de uma dívida junto ao Hamburgo, pela contratação do zagueiro Cléber Reis, em 2017, e próximo de uma segunda, por não ter embolsado o Huachipato pela aquisição de Soteldo, no ano passado, tendo 45 dias para efetuar a quitação.

O treinador santista tem se virado e dado chances aos meninos da base, mesmo assim tendo um elenco enxuto para um calendário que já era naturalmente apertado e que ficou ainda mais com a paralisação do futebol por conta da pandemia de Covid-19.

Temos nova viagem para o Olimpia. Depois nova viagem para o Goiás e o clássico contra o Corinthians. Difícil manter alto nível assim, com jogos domingo e quarta. Todo mundo acusa, por isso temos usado o plantel e os meninos", afirmou Cuca.

O Peixe volta a campo no próximo domingo(27), onde recebe o Fortaleza, na Vila Belmiro, às 20h30, pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo