Demitido do Santos em agosto, Jesualdo Ferreira detona presidente Peres: "Foi desleal"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O ex-técnico do Santos, Jesualdo Ferreira, estará no programa "Bola da Vez" deste sábado (26), na ESPN Brasil. O português falou pela primeira vez a uma emissora brasileira desde que foi demitido e fez duras criticas ao presidente José Carlos Peres.

Na minha demissão o presidente não esteve nem presente, nem ninguém da diretoria, uma tremenda falta de respeito. No mínimo, ele teria que ter coragem de estar presente, mas essa não é uma característica que parece ser muito dele”, disse o treinador.

Jesualdo foi contratado pelo Santos ainda no fim de 2019 e deu início ao trabalho em janeiro deste ano. Por causa da paralisação das competições em razão da pandemia de Covid-19, o treinador comandou o Peixe por poucos jogos ao longo de sete meses.

Como treinador do Santos, o português teve apenas 15 partidas, com seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas, um aproveitamento de 48,8%, o contrato dele era até o final de 2020.

Para mim, o presidente do Santos é uma figura institucional que eu respeito muito. O Santos Futebol Clube tem jogadores, dirigentes e torcedores incríveis que eu saúdo com muito prazer, todos esses órgãos e pessoas eu tenho muito respeito. O senhor José Carlos Peres? Eu não tenho, porque não teve comigo. São duas coisas muito diferentes”, seguiu.

Ele não foi capaz de perceber que foi desleal, pela forma que tratou o assunto, porque a situação que se passava não era nem dos treinadores, nem dos jogadores, não se pode fazer o que fez aquele tempo todo e esperar que depois as coisas ficassem bem, e todos nós sabemos o que se passou”, acrescentou.

VAVEL Logo