Ney Franco resume frustração após derrota do Cruzeiro em casa: "Incompetência ofensiva"
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro EC

Nesta sexta-feira (25) o Cruzeiro entrou em campo no Mineirão para enfrentar o Avaí. A equipe celeste controlou o jogo, mas não soube aproveitar as oportunidades, ao contrário do Leão que conseguiu a vitória em uma única jogada de ataque no segundo tempo e venceu por 1 a 0 no Mineirão, nesta sexta-feira (25). 

Avaliando está situação, o treinador celeste, Ney Franco, atribuiu a derrota a ineficiência ofensiva da equipe.

"Tivemos superioridade, em termos de posse de bola, jogando dentro do campo do adversário, tivemos volume de jogo, mas criamos muito pouco. A gente tentou entrar por diversas vezes na área do adversário, em alguns momentos pelo centro, que estava muito congestionado e nos cruzamentos a equipe adversária ganhou todas as bolas de escanteio. Na realidade, foi um jogo de incompetência ofensiva, não apenas dos atacantes, mas da equipe como um todo. O erro maior foi a gente não ter criado oportunidade de gols", criticou o treinador.

Ney Franco disse estar frustrado com a derrota e procurará desenvolver a artilharia celeste.

"Temos que passar por mais esse momento de frustração, mas não pode ter desistência no trabalho. Eu tenho como treinador, que criar alguma situação para que nossa equipe ganhe força ofensiva, faça o goleiro adversário trabalhar mais e que tenha competência nas oportunidades que tivermos, para fazer mais gols e vencer os jogos.", desabafou o recém chegado.

O Cruzeiro não vence o Avaí desde 2011 - neste período foram oito confrontos, com duas vitórias do time catarinense e seis empates. A Raposa está no momento em 14º lugar, com nove pontos, e volta a campo na na quarta-feira (30)  contra a  Ponte Preta, no Mineirão, pela 12ª rodada.

VAVEL Logo