Com mais um hat-trick de Keno, Atlético-MG vence Grêmio e
se isola na liderança
Keno comemora gol pelo Galo (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

O Atlético-MG venceu o Grêmio por 3 a 1 na noite deste sábado (26) no estádio Mineirão, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em mais um fim de semana iluminado, o atacante Keno foi o autor dos três gols do alvinegro, que se isolou na liderança da competição, com 24 pontos. O tricolor permanece na 13ª posição, com 13 pontos.

Predomínio preto e branco

O Galo teve uma motivação a mais no pontapé inicial ao saber que o Internacional empatou com o São Paulo. E assim o alvinegro dominava o início da partida, obrigando o Grêmio a jogar recuado.

E a pressão habitual do Galo foi coroada com gol logo aos 10 minutos, em bela jogada de Keno, que fez o gol de número 2000 em Campeonatos Brasileiros do Atlético-MG. O goleiro Paulo Victor fez a defesa, mas o VAR verificou que a bola havia ultrapassado a linha.

O time gaúcho encontrava bastante dificuldade em sair jogando, enquanto o Galo aproveitava e organizava contra-ataques. No entanto, o sistema ofensivo pecava um pouco no último passe e no capricho das finalizações.

Após adiantar a marcação, o Grêmio chegou mais vezes com perigo à área do alvinegro, mas o goleiro Éverson conseguiu fazer boas intervenções em pelo o menos dois lances. Na primeira etapa o Galo somou um total de sete escanteios contra apenas um dos visitantes.

Tricolor adianta marcação

Com objetivo de evitar a ampla superioridade que o Atlético-MG teve na etapa inicial, Renato Portaluppi adiantou a marcação da equipe. Em tese, a estratégia funcionou, mas acabou abrindo vários espaços para contra-ataques do Galo, especialmente com Keno.

O Grêmio voltou melhor para o segundo tempo, mas levou um balde de água fria já aos cinco minutos. Keno recebeu passe de Sasha, cortou para a perna direita e chutou para o gol. A bola desviou no zagueiro David Braz e acabou morrendo nas redes.

Mesmo atrás do placar, o tricolor não acovardou-se. Quatro minutos depois, Isaque diminuiu após cobrança de escanteio. Tendo a possibilidade de deixar tudo igual, o Grêmio acabou pagando caro por adiantar os seus jogadores.

Aos 20 minutos, em rápida reposição de jogo, Éverson fez ligação açucarada da defesa para Keno, que estava no meio de campo. O iluminado atacante disparou até a área de Paulo Victor e marcou o terceiro dos mineiros.

Apesar das jogadas fatais de ataque do Atlético-MG, o Grêmio em nenhum momento do segundo tempo se entregou. O time de Renato Gaúcho teve mais posse de bola que os mineiros: 52% contra 48%.

Próximos jogos

Sem outros compromissos ao não ser o Brasileirão, o Atlético-MG novamente terá semana cheia para trabalhar até o jogo contra o Vasco, no próximo domingo (4), às 20h, no Mineirão. Já o Grêmio volta a campo nesta terça-feira (6), contra a Universidad Católica, às 19h15, pela Libertadores, em Porto Alegre.

VAVEL Logo