De virada, Ponte Preta vence Confiança e se mantém no G-4
Foto: Divulgação / AA Ponte Preta

Neste domingo (27) Ponte Preta e Confiança se enfrentaram, às 20h30, no Moisés Lucarelli pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar da dificuldade imposta pelo adversário, a Macaca conseguiu triunfar e sair com os três pontos para permanecer no G-4 da competição.

Lentidão e escassez de oportunidades

Na primeira etapa as chances de gol praticamente não existiram. Faltou (e muito) criatividade para ambos os times e os goleiros pouco sujaram os uniformes.

A Ponte Preta foi a campo com quatro defensores, cinco meio campistas e um atacante. Porém, Apodi em vários momentos aparecia como um ala pela direita, apoiando bastante para dar velocidade pelo setor. João Paulo se movimentando sempre entre as linhas, enquanto Dawhan e Neto Moura formaram uma dupla de volantes. Bruno Rodrigues sempre aprecendo pelo lado esquerdo com Matheus Peixoto na frente.

Já o Confiança foi a campo com quatro defensores, dois volantes, dois jogadores pelo lado do campo, um meia e um centroavante. Amaral e Rafael Vila formando a dupla de volantes, Ítalo Melo e Marcelinho pelos lados, Éverton Santos centralizado e Bruno Paraíba no ataque. 

Só houveram três chances perigosas de gol na primeira parte, todas da Ponte Preta. Primeiro com João Paulo aos 14', que arriscou de fora da área e parou em boa defesa de Rafael Santos. Depois aos 20', quando Bruno Rodrigues avançou, invadiu a área e viu Rafael Santos sair e abafar o chute, mandando para escanteio. Por fim, aos 32' Neto Moura arriscou de longe e levou perigo.

O time de Campinas buscou mais o jogo, tentando criar as jogadas, enquanto o time sergipano não conseguiu progredir com a bola, com muitos passes errados e atuações abaixo, casos de Marcelinho, Ítalo Melo e Éverton Santos. Com isso, o Dragão do Bairro Industrial não reteve a bola, tendo que correr atrás do adversário em todo o primeiro tempo. Isso explica a posse de bola, onde a Ponte Preta teve 68% contra 32% do Confiança.

Emoção na segunda parte

No segundo tempo os primeiros minutos foram com o mesmo panorama do primeiro, pelo menos nos primeiros cinco minutos, pois aos seis o Confiança abriu o placar. Marcelinho foi até a linha de fundo, cruzou rasteiro e Ítalo Melo chegou chapando para o fundo das redes. 

Com o gol o time azulino passou a ter mais a bola, tentando colocar ela no chão para não ser atacado e tentar ampliar o placar. Tanto que aos 15' quase fez o 2 a 0, quando Marcelinho, Bruno Paraíba e Ítalo Melo tiveram a chance no mesmo lance de colocar a bola para as redes, mas nenhum deles aproveitou a grande oportunidade.

O ditado popular "quem não faz, leva" entrou em prática mais uma vez. Após perder a grande chance de fazer o 2 a 0 o Confiança sofreu o empate. Aos 21' Apodi recebeu belo passe de João Paulo, invadiu a área e cruzou. A bola desviou em Luan e entrou. Gol contra e 1 a 1 no placar.

Aos 29 veio a virada da Macaca, e foi um belo gol. Bruno Rodrigues bateu falta da entrada da área com perfeição, sem chance de defesa para Rafael Santos. 2 a 1 e a vantagem mudou de time.

Após o tento o Confiança tentou chegar mais ao ataque para levar pelo menos o empate para casa, e quase conseguiu aos 35', quando Tiago Luís bateu linda falta de longe, com muita curva e a bola acertou o travessão de Ivan, que não chegaria nela. 

Com 38' os mandantes ainda tiveram a oportunidade de ampliar a vantagem, quando Ernando cruzou e João Paulo cabeceou para grande defesa de Rafael Santos. E ficou assim, vitória de virada da Ponte Preta por 2 a 1.

Estatísticas da partida

Ponte Preta 2-1 Confiança

Posse de Bola: 61% - 39%

Finalizações: 7 - 12

No alvo: 4 - 1

Escanteios: 4 - 3

Faltas: 18 - 21

Classificação e próximos confrontos

Com os três pontos a Ponte Preta pulou para a terceira colocação, com 21 pontos e na próxima rodada encara o Cruzeiro, quarta (30), às 19h15, no Mineirão.

Já o Confiança ficou na décima terceira colocação, com 11 pontos e na próxima rodada enfrenta o Brasil de Pelotas, quarta (30), às 16h30, na Arena Batistão.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo