Guto Ferreira lamenta derrota no Clássico-Rei e aponta desgaste físico dos atletas
Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Em entrevista coletiva concedida após o término da partida que marcou a derrota por 2 a 1 do Ceará, o técnico Guto Ferreira lamentou o resultado e apontou como o principal culpado por isso, o desgaste físico dos atletas. Isso porque o Alvinegro está em três competições ao mesmo tempo: Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Brasileirão.

"Não gosto de ficar transferindo responsabilidades, mas quem fez a 24ª partida, não é transferir responsabilidades, é o que é. Isso realmente atrapalhou, agora o que atrapalhou também foi a gente ter feito um bom primeiro tempo, ter criado no segundo tempo algumas boas chances, mas não tivemos a felicidade de fazer mais gols, e eles tiveram a felicidade em duas bolas paradas", falou.

Por outro lado, foi a primeira derrota nos dois últimos Clássico-Rei, Guto Ferreira destacou a insatisfação da equipe e acredita ser possível reverter esse resultado no jogo de volta da final do Campeonato Cearense.

"Feliz ninguém está, ninguém sai de uma derrota no Clássico feliz, mas o grupo já teve essa situação, já deu a volta por cima e não vai ser diferente dessa vez. Coloco (a culpa) no aproveitamento das chances desperdiçadas que nós criamos e situações de bola parada que eles foram mais felizes e fizeram os gols. O Ceará propôs o primeiro tempo todo, chegou inúmeras vezes na frente, fez gol. Não é a questão de propor o jogo, é a questão de aproveitar as oportunidades, ter a felicidade de marcar ou não, e aí é que foi a diferença", disse.

O próximo desafio do Ceará será contra o Palmeiras, neste sábado (3), às 19h (horário de Brasília), no Allianz Parque. A partida é válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo