Confiança bate Náutico nos Aflitos e se afasta do Z-4 da Série B
Foto: Caio Falcão / CNC

O Confiança visitou o Náutico no Estádio dos Aflitos, neste sábado (03), às 16h, em confronto válido pela 13ª rodada da Série B, foi superior, neutralizou o adversário e venceu por 1 a 0, gol marcado por Reis, de falta, ainda no primeiro tempo. O resultado comprova a evolução do time após a volta de Daniel Paulista ao comando e mantém o Náutico em queda após bom início de Gilson Kleina no Timbu.

Supremacia azulina e Reis inspirado

O Confiança foi a campo com um 4-3-3, tendo quatro defensores, três homens no meio, Madison, Guilherme Castilho e Rafael Vila, com Ítalo Melo, Reis e Renan Gorne no ataque. A formação, com trocas rápidas de posições, confundiu a defesa do Náutico e ajudou para que o time azulino levasse vantagem no primeiro tempo.

Já o Náutico foi a campo com um 4-2-3-1, tendo quatro defensores, Josa e Wagninho como volantes, Dadá e Thiago abertos pelos lados, Jean Carlos na criação e Kieza na frente.

Desde o início o time sergipano foi superior, contando com Reis muito bem no jogo. E ele levou perigo logo aos 4', quando partiu em contra-ataque e finalizou para fora. Aos 11' ele novamente quase abriu o marcador. O camisa 11 recuperou a bola, ajeitou da entrada da área e finalizou bonito na trave.

Na terceira tentativa não teve jeito para o Timbu. Aos 14' Reis cobrou falta com perfeição abriu o placar para os visitantes. A boa movimentação de Reis e Renan Gorne dificultou (e muito) para a marcação dos mandantes, fazendo com que ambos aparecessem sempre com liberdade. Além de Ítalo Melo chegando bem sempre pelo lado esquerdo de ataque.

Aos 22' foi a vez de Gorne arriscar, após matar no peito e chutar para fora da entrada da área. Outro ponto forte foi o meio-campo. Rafael Vila, Madison e Guilherme Castilho. Enquanto Madison fechou como primeiro volante, os outros dois ajudaram na chegada ao ataque e transição ofensiva. Aos 24' mais uma boa chance do Confiança, com Ítalo pegando sobra na área e a defesa do Timbu fazendo corte providencial.

O Náutico pouco criou e só foi assustar aos 31' quando Hereda fez bela jogada individual, finalizou e a defesa do azulino cortou. Ne sequência Thiago pegou a sobra e finalizou com perigo rente a trave defendida por Rafael Santos.

Daí em diante seguiu a ótima atuação de Reis. Aos 40' ele finalizou de fora da área e Jeferson espalmou. Aos 42' ele novamente fez ótima jogada e Jeferson espalmou mais uma vez e a primeira etapa ficou por isso mesmo. Domínio do Dragão do Bairro Industrial, inspiração de Reis e jogo fraco do Náutico.

Timbu neutralizado

No segundo tempo o Confiança voltou com a mesma proposta. Fechar bem os espaços e sair com velocidade, alternando posições no ataque. Assim como na primeira parte, o Náutico teve a posse da bola em maior parte do tempo, mas pouco fez para ameaçar o gol de Rafael Santos. 

O primeiro lance de perigo só foi construído aos 19', quando Caíque Sá avançou bem ao campo de ataque, invadiu a área mas pecou na hora do último passe e mandou direto para fora. O ritmo seguiu mais lento, com o Timbu trocando passes mas totalmente neutralizado pelo Dragão do Bairro Industrial, que marcou muito bem o principal jogador dos mandantes, o meia Jean Carlos.

Aos 29' Reis, que foi o dono do primeiro tempo, arriscou uma bomba de canhota de fora da área e mandou com perigo para fora. A chance mais perigosa do Náutico no jogo foi criada já aos 38', quando Dudu pegou sobra na área e finalizou para boa defesa de Rafael Santos

Estatísticas da partida

As estatísticas ajudaram a mostrar o que foi o jogo. O Náutico com a bola mas pouco efetivo, enquanto o Confiança fechou bem os espaços e foi perigoso partindo em velocidade, principalmente no primeiro tempo

Náutico - Confiança

Finalizações: 7 - 15

No alvo: 2 - 5

Posse de bola: 67% - 33%

Passes: 562 - 277

Precisão de passe: 84% - 71%

Classificação e próximos confrontos

Com a derrota o Náutico fica na 14ª colocação, com 14 pontos, e na próxima vai visitar o Paraná, terça (06), às 19h15. Já o Confiança pula para a 12 posição, com 15 pontos, e na próxima rodada enfrenta o CRB, em casa, terça (06), às 17h.

VAVEL Logo