Na estreia como técnico do Botafogo, Bruno Lazaroni lamenta novo empate: "Ninguém está satisfeito"
Foto: Vítor Silva/Botafogo

O Botafogo alcançou a marca de nove empates em 13 jogos no Brasileirão 2020 neste domingo (4) pela 13ª rodada. Desta vez, no clássico contra o Fluminense: 1 a 1. Kevin (contra) e Caio Alexandre marcaram no Nilton Santos. A partida foi a primeira após a saída de Paulo Autuori do comando técnico, substituído pelo ex-auxiliar Bruno Lazaroni.

Lazaroni afirmou ainda não ter alterado o trabalho deixado por Autuori, mas lamentou que os erros também tenham se repetido, apesar da superioridade nos números do jogo.

Procurei dar sequência ao trabalho do Paulo. E as coisas acabaram acontecendo repetidas, infelizmente para nós. Continuamos tendo uma produção ofensiva boa, tivemos o dobro de finalizações do adversário, tivemos cinco chances reais de gol, duas bolas na trave… Na minha humilde opinião, se tivesse que haver um vencedor, esse seria o Botafogo”.

O novo comandante garantiu ajustes no setor defensivo, que sofreu nas jogadas de bola parada do adversário. E enfatizou a necessidade de reagir.

Se for fazer uma análise fria, sofremos um pouco nas bolas paradas, vamos tentar fazer um ajuste nisso. Temos que continuar insistindo. Ninguém está satisfeito com o empate, todos têm de sair insatisfeitos. É continuar trabalhando para concretizar essas oportunidades que criamos hoje para conseguir as vitórias de que precisamos nesse momento”.

Caio Alexandre, autor do gol alvinegro, demonstrou frustação pelo resultado, que considerou injusto pelo apresentado por sua equipe.

A gente fica triste pelo resultado. Estávamos jogando em casa, fizemos um bom segundo tempo, chutamos ao gol, bola no trave, tivemos imposição... Infelizmente não saiu o gol. A gente tem que seguir trabalhando, seguir dedicado. Só com trabalho a gente vai sair dessa situação, o Botafogo merece estar no topo. A gente não está satisfeito com isso, mas com certeza vamos melhorar”.

O volante não poupou elogios ao novo chefe e garantiu confiar em seu trabalho.

O Lazaroni é uma grande pessoa. Um grande treinador, cara inteligente, ajuda muito a todos. Sou muito grato ao Autuori, que deixou o clube. Agora com o Bruno, sei que ele vai agregar muito ao grupo, tenho certeza de que vamos sair dessa situação muito bem”.

Com mais um empate no campeonato e sem conseguir os três pontos em casa novamente, o Glorioso permanece no Z-4, agora na 18ª posição com 12 pontos. Mesma pontuação do Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento, mas que tem duas vitórias a mais. O próximo compromisso é, novamente, em casa contra o Palmeiras na quarta-feira (7) às 21h30.

VAVEL Logo