Marcos Leonardo festeja primeiro gol no profissional do Santos "Sempre fui um sonhador"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O dia 4 de outubro de 2020 será inesquecível para o jovem Marcos Leonardo, de 17 anos, mais uma cria promissora das categorias de base do Santos.

O atacante marcou o terceiro gol na vitória do Peixe por 3 a 2 sobre o Goiás, no Estádio da Serrinha, em partida válida pela 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O menino da Vila marcou o seu primeiro gol como jogador profissional.

" Deus sabe de todo sofrimento que eu e minha família passamos. É uma felicidade imensa. Era o sonho do meu pai ser jogador, então isso não carrego só para mim. Sempre fui sonhador", festejou Marcos Leonardo.

Com a ausência de Raniel, submetido a uma cirurgia na perna direita por causa de uma trombose venosa profunda, Marcos Leonardo pode ganhar mais espaço. Ele é o reserva imediato de Kaio Jorge, outro menino da Vila.

Diante do Goiás, o garoto que havia acabado de entrar na partida, mostrou oportunismo e aproveitou cruzamento de Madson para, de primeira, fazer o terceiro gol.

O técnico Cuca, que lançou Marcos Leonardo, demonstrou empolgação com momento vivido pelo jogador.

"Tenho dado para ele a tranquilidade para ele poder jogar, não só para ele, para todos. Quando eu coloquei o Marinho para dentro foi para deixar ele mais solto. Sacrifiquei mais os pontas, mas eles tiveram força de ataque. Quando a gente colocou o Madson foi para ter ainda mais essa força pelo lado direito. Quando o Marinho saiu, entra, naturalmente, o Marcos Leonardo. Eu acho que eu estou mais feliz do que ele por ter feito o primeiro gol. Imagina a ansiedade, menino com 17 anos fazendo o primeiro gol. Dá para dar uma viajada no tempo lá atrás. Estou tão contente, Deus está abençoando tanto o trabalho desses meninos, ficamos muito felizes", disse o treinador.

Marcos Leonardo também agradeceu ao técnico Cuca, a quem considera um "paizão". O atacante fez cinco jogos pela equipe profissional do Santos até o momento, um deles como titular.

"O Cuca para nós é um paizão. Agradecer a ele, toda a comissão que me ajudou desde a minha chegada",completou.

Agora o Santos volta a campo na quarta-feira (7), diante do Corinthians, às 19h, na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo