Elano lamenta erros da equipe após nova derrota do Figueirense: "Noite triste"
Imagem:Divulgação/Rádio TV Figueira

A situação não está fácil pro Figueirense. Nesta terça-feira (6), o Furacão perdeu sua sexta partida no campeonato. A derrota para o CSA por 3 a 0 foi a maior sofrida pelo Figueira no campeonato. Dependendo do resultado da partida entre Cruzeiro e Sampaio Corrêa na quinta, o time alvinegro pode terminar a rodada no Z-4.

O treinador Elano acredita que os desfalques nas laterais tenham atrapalhado o desempenho do conjunto. Entretanto, assumiu que alguns erros poderiam ser evitados.

"No jogo passado jogamos com toda linha de defesa. Agora temos dois laterais direitos machucados e os dois laterais esquerdos suspensos. Mas mesmo assim foram erros nossos, eram bolas nos nossos pés. Uma noite triste, perder de 3 a 0. Nossa luta não combina com isso, mas eu acho que o CSA fez por merecer. Nós temos que levantar a cabeça e continuar", disse o treinador.

Elano detalhou sua estratégia para tentar suprir as ausências na lateral esquerda, e também foi enfático ao qualificar o contra-ataque da equipe do CSA, que segundo o treinador, era letal.

"Nós tentamos adaptar, ainda mais quando se toma um gol. Eu tinha alertado sobre o contra-ataque do adversário. Tínhamos a bola dominada, onde acabamos entregando a bola, sofremos o contra-ataque e ocorreu o pênalti. Errar faz parte, mas quando você pega um time que tem o contra-ataque forte, você acaba pagando por ele. Quando se sofre o gol, todo esquema fica dificultoso", explicou Elano.

O técnico ainda saiu em defesa da qualidade do elenco. Todavia, disse que o grupo precisa de reforços, pela maratona de jogos e o excesso de viagens, que acaba cansando os jogadores.

''Não falta qualidade, mas precisamos se reforçar. Temos um grupo que vem lutando a todo momento, mas essas viagens são totalmente desgastantes. Voamos o dia inteiro para jogar hoje e não soubemos nem se vamos ter voo de volta.', desabafou.

O Figueirense voltará a campo na próxima sexta (9), em duelo local contra a Chapecoense, no Orlando Scarpelli. O clássico catarinense está marcado para às 16h.

VAVEL Logo