Grêmio é letal nos primeiros minutos, vence Coritiba e sobe na tabela do Brasileirão
Foto: Lucas Eubel/Grêmio FBPA

Nesta quarta-feira (7), o Grêmio venceu o Coritiba na Arena do Grêmio por 2 a 1. Um jogo importante para o Tricolor se recuperar na tabela, conquistando sua terceira vitória no campeonato. Já pelo lado do Coxa, a agonia da zona de rebaixamento continua. Os gols foram de Luiz Fernando e David Braz. Nathan Silva diminuiu para o Coxa.

A partida

Marcando pressão, o Grêmio saiu pro jogo e sufocou o Coritiba. Logo aos dois minutos, Diogo Barbosa cruza pela esquerda e Luiz Fernando cabeceia vencendo os zagueiros da equipe paranaense e abriu o placar.

A pressão continuou e aos 12 minutos, após escanteio, Pepê arriscou de fora da área. O chute saiu fraco, entretanto, a bola sobrou para David Braz livre, que ampliou o placar.

Postura afirmativa do time de Renato Portaluppi surtiu efeito rapidamente, e nos primeiros 15 minutos de jogo o Coxa não conseguia trabalhar a bola. Um dos indícios de como o Grêmio aproveita suas chances de gol é o fato das únicas duas finalizações feitas pela equipe nos primeiros minutos terem resultado nos gols.

Na segunda parte do primeiro tempo o Grêmio diminuiu o ritmo e o Coritiba assumiu o controle da maior parte das ações. Robson, de longe o jogador mais perigoso do Coxa, chegou a marcar um gol. Todavia, foi anulado pelo VAR por impedimento. Vanderlei ainda chegou a ser exigido e os visitantes terminaram o primeiro tempo sonhando com o empate.

Na volta pro segundo tempo, o Grêmio tentou trabalhar jogadas com Matheus Henrique chegando como elemento surpresa no ataque, e tramando jogadas com Pepê e Robinho, mas o excesso de erros fez com que Wilson não sofresse perigo.

Por outro lado, o ataque do Coxa se mostrava cada vez mais perigoso. Giovanni Augusto - que entrou por opção técnica de Jorginho ainda no primeiro tempo - se mostrou bastante ativo. Neílton testou Vanderlei e o jogo chegou a estar 9 a 3 em finalizações pros visitantes.

O Grêmio se garantia nos contragolpes, e aos 21 do segundo tempo Maicon lança para Diogo Barbosa que vai à linha de fundo e cruza para Pepê, que isola a bola. Era a melhor chance do segundo tempo até então.

O Coritiba não se entregava e estava cada vez mais próximo de descontar. Mesmo sendo uma das equipes que apresentou menos resultados no Brasileirão até aqui, a vontade dos jogadores não parecia estar abalada.

E o esforço gerou resultado. A marcação homem a homem do Grêmio nas bolas paradas vinha dando resultado. Contudo, aos 27, Nathan Silva aproveitou escanteio cobrado por Giovanni Augusto e marcou de cabeça.

A partir dali, o Coxa se abriu cada vez mais em busca do empate. Entretanto o Tricolor Gaúcho aumentou a intensidade para tentar confirmar a vitória. Por um lado, Giovanni Augusto arriscou perigoso chute de fora da área. Pelo outro, Guilherme Azevedo invadiu a área e chutou cruzado para bela defesa de Wilson.

Num escanteio cobrado por Matheus Henrique veio cabeçada de Victor Ferraz. Wilson salvou novamente. Foi a ultima grande chance de gol em uma partida que o Grêmio começou de forma avassaladora, entretanto se defendeu na maior parte do tempo.

O Grêmio viaja para enfrentar o Santos na próxima rodada, no domingo (11), às 16h. Já o Coritiba recebe o Fortaleza no sábado (10), às 19h. Com o resultado o Grêmio foi a 17 pontos, ficando na 11ª colocação, enquanto o Coritiba se mantém na 18ª posição, com 12 pontos.

 

VAVEL Logo