Foi-se o Ramonismo: sequência de reveses resulta na demissão de Ramon Menezes
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Na tarde desta quarta-feira (8), o Vasco anunciou a saída do técnico Ramon Menezes em comunicado oficial. A demissão ocorreu um dia após a derrota para o Bahia por 3 a 0, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Após 16 partidas na temporada pelo Vasco com oito vitórias, três empates e cinco derrotas, a diretoria cruzmaltina decidiu dispensar o treinador. O Gigante da Colina não vence há quatro rodadas no Brasileirão e foi eliminado pelo Botafogo na quarta fase da Copa do Brasil há algumas semanas. 

Contratado durante a pausa causada pela pandemia do novo coronavírus como substituto de Abel Braga, a aposta foi feita pela boa relação de Ramon e o histórico vencedor no clube, além do uso das categorias de base com melhor qualidade. Em dois meses de retorno do futebol, a direção desfaz a ideia.

NOTA OFICIAL

O Club de Regatas Vasco da Gama comunica que Ramon Menezes não é mais o treinador da equipe profissional. O Clube agradece os serviços prestados pelo profissional e, em breve, anunciará o seu substituto.

 

VAVEL Logo