Jorginho não se considera culpado por tropeços do Coritiba na Série A: "Eu não sou mágico"
Divulgação/CFC

Coritiba  ficou no empate sem gols contra o Fortaleza na noite deste sábado no Couto Pereira. Após o jogo, Jorginho avaliou a partida e subiu o tom ao ser questionado sobre desempenho e permanência da equipe na zona de rebaixamento.

"Estamos no meio do caminho, com vários jogadores chegando, além de saídas e contusões. Diante dessas lutas e dificuldades que meu trabalho está sendo mensurado. A diretoria tem todo o direito e poder de decisão (de demitir)", falou.

Na mesma fala, Jorginho valorizou seu trabalho, mas evitou o status de milagreiro. "Tenho consciência do meu trabalho, qualificado e dedicado. Faltavam peças que estão chegando e precisam de um tempo. Eu não sou mágico", pontuou.

O Coxa é 18º colocado com 13 pontos e na próxima quarta-feira (14), às 18 horas, visita o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo/SP.

VAVEL Logo