Náutico recebe Ponte Preta e busca dar fim a jejum de
vitórias
Foto: Léo Lemos/Náutico

Náutico e Ponte Preta se enfrentam nesta segunda-feira (12), no Aflitos, às 20h (horário de Brasília). O duelo é válido pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Timbu não vence há cinco jogos. Ao passo que a Macaca vem alternando entre vitórias e derrotas.

O retrospecto entre as equipes é equilibrado. Já que, dos 21 jogos disputados, foram sete vitórias para cada lado e sete empates. Já em relação aos gols marcados, a Ponte marcou 30 e o Náutico, apenas um a menos.

Nos últimos dois encontros, as equipes decidiram vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil, em 2018. No jogo de ida, em 11 de abril, no Moisés Lucarelli, vitória dos paulistas por 3 a 0. Orinho, Felipe Saraiva e Júnior Santos marcaram os gols.

No jogo de volta, em 18 de abril na Arena Pernambuco, a equipe pernambucana até venceu por 1 a 0, com gol de pênalti de Júnior Timbó. No entanto, a Ponte que avançou na competição.

Náutico terá os retornos de Jorge Henrique e Rhaldney

Com 15 pontos, o Timbu ocupa a 15ª posição na tabela. Além disso, tem apenas um ponto a mais que o Figueirense, primeira equipe na zona de rebaixamento. Após a vitória por 3 a 1 sobre o Botafogo-SP, a equipe disputou cinco jogos e perdeu três e empatou os outros dois. Na última rodada, perdeu para o América-MG por 2 a 0.

Para a partida, o técnico Gilson Kleina deve ter dois retornos, do volante Rhaldney e do meia-atacante Jorge Henrique. Os jogadores testaram positivo para Covid-19 antes da partida contra o Confiança e ficaram de fora das três partidas seguintes.

Outro jogador que também testou positivo, foi o volante Jhonnatan. O jogador voltou na última partida, mas começou no banco de reservas. Já nesta partida deve ser titular. Em contrapartida, o meia Dudu é dúvida, pois ficou de fora dos últimos treinos devido a dores musculares.

A provável escalação é: Jefferson, Hereda Camutanga, Rafael Ribeiro, William Simões, Matheus Trindade, Jean Carlos, Ruy, Djavan; Kieza e Thiago Fernandes.

Ponte Preta precisa da vitória para se manter no G-4

A Macaca possui 24 pontos e está no quarto lugar da tabela. Assim sendo, na zona de classificação para a elite do futebol. No entanto, vem alternando entre bons e maus resultados. Já que, nos últimos cinco jogos, venceu dois e perdeu os outros três, inclusive o último. Na última rodada, perdeu para o Cuiabá por 2 a 1.

Entre retornos e desfalques, a Ponte viajou para Recife no início do domingo (11). Os retornos são o zagueiro Rayan, que se recuperou de uma fratura na mandíbula após dois meses fora, e Neto Moura, que cumpriu suspensão na última partida.

Já os desfalques são o atacante Bruno Rodrigues e o volante Luis Oyama. Os jogadores estão fora por questões físicas. Assim sendo, Camilo deve ganhar vaga na frente. As outras opções são Luan Dias, Guilherme Pato e Vinicius Zanocelo.

A provável escalação é: Ivan, Apodi, Luizão, Alisson e Guilherme Lazaroni; Dawhan, Neto Moura e João Paulo; Guilherme Pato (Camilo ou Luan Dias), Moisés e Matheus Peixoto.

Arbitragem

O árbitro Wanderson Alves de Sousa comanda a partida. Seus auxiliares serão Felipe Alan Costa de Oliveira e Fernanda Nândrea Gomes Antunes.

VAVEL Logo