Atlético-MG recebe Fluminense em busca de manter-se no topo da tabela
Foto: Lucas Merçon/Fluminense F. C.

Atlético-MG e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira (14), no Mineirão, às 21h30 (horário de Brasília). O duelo é válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. As esquipes estão na parte de cima da tabela. O Galo é o líder. Enquanto o Tricolor mira o G-4.

Ao todo, foram 67 jogos entre as equipes, com vantagem para o Atlético-MG. Já que são 28 vitórias, contra 19 do Fluminense. Além disso, foram 20 empates.

O último duelo ocorreu em 16 de novembro de 2016, no Maracanã, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. As equipes empataram em 1 a 1. Assim sendo, o Tricolor saiu na frente com gol contra de Patric. Posteriormente, nos minutos finais, Franco Di Santo deixou tudo igual.

Atlético-MG deve ter mudanças para a partida

O Galo é o líder da competição, com 30 pontos. Inclusive, possui um jogo a menos. A equipe vinha de uma série de quatro vitórias seguidas, incluindo a goleada por 4 a 1 sobre o Vasco. No entanto, tropeçou diante do Fortaleza e perdeu por 2 a 1. Mas voltou a vencer na última rodada, quando bateu o Goiás por 3 a 0.

Mesmo com a vitória, o técnico Jorge Sampaoli deve mexer na equipe titular. No meio de campo, Allan, que atuou pelo Fluminense ano passado, perdeu espaço, mas segue na disputa com Hyoran pela vaga. Enquanto Jair e Nathan devem começar jogando.

Junior Alonso, Alan Franco e Savarino, estão com suas seleções e serão desfalques para a partida. Na zaga, Réver e Igor Rabello serão titulares. Ao passo que na vaga do venezuelano, o escolhido deve ser o jovem Sávio. Não há baixas por suspensões.

A provável escalação é: Everson; Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Allan, Jair e Nathan; Sávio (Marquinhos), Keno e Eduardo Sasha.

Fluminense não terá Nenê e Fred

O Tricolor é o quinto colocado na tabela, com 24 pontos. Assim sendo, está a apenas dois pontos do São Paulo, última equipe no G-4 da competição. Inclusive, vem embalado. Já que, nas últimas quatro partidas, venceu três e empatou uma. Na última rodada, venceu o Bahia por 1 a 0, com gol de pênalti de Nenê.

Para a partida, o técnico Odair Hellmann optou por poupar Fred e Nenê, que sequer viajaram com a equipe para Belo Horizonte. Portanto, os atacantes Luiz Henrique e Felippe Cardoso devem ganhar vaga na equipe titular. Fernando Pacheco completa o trio na frente.

Ainda sobre o ataque, Lucca teve seu nome publicado no BID da CBF nesta terça-feira (13) e viajou com a delegação. Logo, pode fazer sua estreia nesta partida. Já o lateral direito Danilo Barcelos está fora por suspensão por conta do terceiro cartão amarelo. Egídio assume a vaga.

A provável escalação é: Muriel; Igor Julião, Nino, Digão e Egídio; Hudson, Dodi e Yago Felipe; Luiz Henrique, Fernando Pacheco e Felippe Cardoso.

Arbitragem

O árbitro Raphael Claus comanda a partida. Seus assistentes serão Marcelo Carvalho Van Gasse e Luiz Alberto Andrini Nogueira. O responsável pelo árbitro de vídeo será Márcio Henrique de Gois.

VAVEL Logo