Casemiro defende árbitro xingado após Brasil x Peru: "Falta de respeito"
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A atuação da arbitragem capitaneada por Julio Bascuñán desagradou integrantes da comissão técnica do Peru e pessoas que xingaram o chileno quando ele deixou o gramado após a vitória do Brasil por 4 a 2 no Estádio Nacional de Lima.

"É uma falta de respeito, nós falamos da América do Sul, que temos que ser exemplo, ter respeito, sabe? Às vezes o árbitro pode se equivocar, mas ele sempre quer fazer o seu melhor, o VAR está para ajudar, então precisamos ter um pouco de respeito, temos que falar disso. Na América do Sul é sempre assim. Na Europa até pode acontecer isso, porém é mais difícil, porque ser humano é assim, mas nós da América do Sul temos que ter mais respeito com os árbitros", desabafou o meio-campista Casemiro, do Real Madrid, entrevistado após o apito final, ainda no gramado.

Mais tarde, parte da imprensa peruana também criticou a atuação do árbitro, contestando tanto a parte disciplinar, pelo uso de cartões, quando técnica, com ênfase no pênalti que originou o terceiro gol do Brasil.

Experiente, Bascuñan possui na carreira jogos importantes como a final da Libertadores de 2017, vencida pelo Grêmio, além de jogos da Copa América.

VAVEL Logo