Grêmio é letal e supera Botafogo mesmo com um expulso
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Nesta quarta-feira (15), o Grêmio bateu o Botafogo por 3 a 1, na Arena, em Porto Alegre. A partida marcou o primeiro jogo em que o Tricolor fez três gols neste Brasileirão. Pepê foi o maior destaque com dois gols. Dessa forma, clube atingiu a quarta vitória e chegou na 11ª colocação no Campeonato.

Contudo, é para o Imortal ficar de olho na quantidade de jogadores expulsos. Afinal, nos últimos quatro jogos, o Grêmio teve três jogadores que receberam cartão vermelho. No Brasileirão, ao todo foram seis. A maior marca até aqui.

Já o Botafogo amarga sua primeira derrota sob o comando do treinador Bruno Lazaroni. A equipe segue termina a rodada na 15ª colocação com 18 pontos, mesma pontuação de outras três equipes. Entretanto, o Botafogo perde para todas elas nos critérios de desempate por ter menos vitórias.

Mesmo com gols, primeira etapa foi morna

O jogo começou discreto. Botafogo foi o primeiro a finalizar, por duas vezes, entretanto, não causou perigo algum à meta de Vanderlei. Por sua qualidade técnica, o Grêmio passou a tomar conta da posse de bola. Mas também não criou grandes oportunidades nos primeiros 30 minutos.

Nesse meio tempo, os únicos lances que chamaram um pouco a atenção do expectador foi a belíssima caneta de Maicon em Kevin e o passe de  Matheus Babi para Pedro Raul, que tentou finalizar de calcanhar, mas não pegou em cheio.

O jogo permanecia lento, com poucas faltas, poucos desarmes e muitos passes errados. Até que aos 33 minutos, Kevin sai jogando errado, a bola vai para Diego Souza que encontra Robinho pela direita. O camisa 16 cruzou para Alisson escorar de cabeça e o próprio Diego Souza completa a jogada colocando a bola no fundo das redes.

Entretanto, o empate dos visitantes saiu rápido, quando Victor Luis cobrou falta na área e após desvio em Pedro Raul, Matheus Babi acertou forte chute para empatar a partida. O primeiro tempo acabou sem mais chances de gol.

Gremio se impõe e não sofre pressão nem com um a menos

Logo aos dois minutos do segundo tempo, Diego Souza recebeu belo passe de Maicon, protegeu a bola como um pivô e rolou para Pepê acertar um belíssimo chute de perna esquerda e colocar o Tricolor novamente na frente.

Na sequência, o Grêmio conseguia concatenar jogadas com passes rápidos e muita qualidade individual. Entretanto, Diego Souza cometeu agressão em Guilherme Santos, e o árbitro expulsou o veterano após consulta ao VAR.

De início, o Grêmio sentiu a expulsão e passou a jogar mais recuado. Todavia, o Botafogo não criava oportunidades de grande perigo para o Tricolor. Pedro Raul acertou uma bicicleta, a bola saiu pela linha de fundo, e Matheus Babi chutou sem ângulo, Vanderlei defendeu.

Aos 20 minutos ocorreu a grande jogada da partida. Uma bela troca de passes gremista pela direita, acabou num lindo passe de Victor Ferraz para Pepê tocar entre as pernas do Cavalieri e fazer o terceiro gol da equipe.

A partir daí, o Botafogo teve mais posse de bola, contudo, a sólida defesa Tricolor não deu brecha para os alvinegros. Foram mais de vinte minutos com o Grêmio recuado, porém sem sofrer grandes sustos.

Bruno Lazaroni fez alterações colocando em campo jogadores que ainda não haviam atuado no Brasileirão, como Kelvin e Lecaros, o que desorganizou ainda mais o time. A vitória ficou com o Grêmio que foi superior na maior parte do jogo e soube controlar o adversário mesmo com um jogador a menos.

Próximos passos

Grêmio visitará o São Paulo ao sábado (17), no Estádio do Morumbi às 21h, horário de Brasília. Já o Botafogo recebe o Goiás no Engenhão segunda-feira (19), às 20h. Ambas partidas ocorrem pela 17ª rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo