Sob comando interino, Atlético-GO surpreende e derruba invencibilidade do Santos
Foto: Divulgação / ACG

Enquanto Vagner Mancini estreava pelo Corinthians com vitória sobre o Athletico-PR, na mesma noite o seu ex-clube, Atlético-GO, venceu pela quinta vez no Brasileirão. A vítima foi o Santos e o placar terminou 1 a 0.

Integrante da comissão técnica fixa do clube goiano, Eduardo Souza manteve a mesma base que ganhou do Red Bull Bragantino no final de semana por 2 a 1. A única mudança foi no meio de campo - Willian Maranhão assumiu a vaga de Edson, negociado com o futebol árabe. Ainda no primeiro tempo ele perdeu Ferrareis, lesionado, e colocou Matheus Vargas, que desperdiçou uma chance na cara do gol no segundo tempo. Ele estava na pequena área com o gol aberto, mas chutou por cima da meta defendida por João Paulo.

Sem Marinho, artilheiro da equipe, e Lucas Veríssimo, lesionados, nem Jobson, suspenso, Cuca também mexeu no time titular. Ele colocou Arthur Gomes e Lucas Braga nas pontas, mas eles não mantiveram o mesmo ritmo de Soteldo e Marinho. Mesmo assim, o Santos dominou o começo da partida, finalizando oito vezes. Quem chegou mais perto de balançar a rede foi Jean Mota, que aparecia mais perto de Kaio Jorge, em chute de fora da área. 

Já o Atlético-GO não conseguia jogar e não arrematou nenhuma bola para o gol nos primeiros 45 minutos. Após receber orientações a equipe voltou melhor do intervalo. O Dragão se soltou mais e tomou coragem com a improdutividade do setor ofensivo do Santos.

Um dos destaques do time na temporada, Janderson participou do lance mais importante da partida ao limpar quatro jogadores do Santos e cruzar o campo até servir Chico, que soltou a bomba do bico da grande área e acertou o ângulo de João Paulo aos 23 minutos.

O Santos finalizou apenas uma vez na direção do gol, mas Jean evitou o gol na tentativa de Marcos Leonardo, um dos garotos da base lançados por Cuca durante a partida. Anderson Ceará, Sandry e Tailson foram outros que ganharam oportunidade. 

Classificação e próximos jogos

Mesmo com a derrota, o Santos continua no G6, em sexto lugar, e no sábado (17) volta aos gramados para enfrentar o Coritiba fora de casa.

Enquanto trabalha nos bastidores para contratar um novo técnico, o Atlético-GO recebe o Athletico-PR também no sábado (17). O time goiano chegou aos 21 pontos e subiu para o nono lugar.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo