Imprensa, árbitro e Grêmio: Arnaldo Ribeiro dispara críticas após jogo do São Paulo
Arnaldo Ribeiro fez série de críticas após São Paulo x Grêmio (ESPN/Reprodução)

São Paulo x Grêmio, jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi marcado por polêmicas com relação à arbitragem. O Imortal saiu de campo reclamando de pênaltis não marcados, expulsões e o fato de Rafael Traci, árbitro de campo, não ter pedido o auxílio do VAR. Comentarista do Grupo Globo, Arnaldo Ribeiro deu outras visões sobre temas correlatos à peleja.

Dias antes do jogo, a Comissão de Arbitragem da CBF assumiu o erro do VAR em outro jogo do SPFC: contra o Atlético-MG, Luciano marcou um gol legal que foi invalidado por Jean Pierre Gonçalves Lima, que estava comandando a tecnologia fora de campo. Ele estaria novamente na cabine contra o Grêmio - e foi retirado da escala em favorecimento de Elmo Alves Resende Cunha. O comentarista citou o presidente de tal comissão. "Leonardo Gaciba foi muito inábil. Revelando toda aquela situação, ele jamais poderia ser o árbitro do jogo seguinte do São Paulo após a revelação do erro. O cara entra completamente pressionado", citando, também, Rafael Traci - árbitro de campo do duelo de sábado (17).

Não sobrou nem para comentaristas de arbitragem que trabalham na mesma empresa que Arnaldo Ribeiro. "Vou desculpar o Sandro Meira Ricci, meu companheiro de Grupo Globo. Quando apitava, interferia pra cacete no jogo. Aquele lance do Reinaldo, ele dizer que expulsão, da falta no Pepê. Expulsão? A discussão era se houve falta ou não. Expulsão? Absurda a argumentação do Sandro Meira Ricci", destacou, enumerando o profissional que estava na Central do Apito durante a peleja.

Imortal

Para finalizar, em live no canal Arnaldo e Tironi, que mantém com o também jornalista Eduardo Tironi, o profissional destacou que os gaúchos também costumam atuar no extracampo. "O Grêmio é um time que a gente conhece. Chora por toda a bola. Eles apitam o jogo o tempo todo. O Kannemann, que eu gosto, é viril, quando ele sofre uma falta, parece que alguém deu um tiro nele. Ele é o cara mais manhoso do mundo. É o maior milongueiro de todos os tempos. É o time mais malandro do Brasil. E tá certo, esse é o jogo", finalizou.

VAVEL Logo