Santos vira sobre Defensa y Justicia e mantém invencibilidade na Libertadores
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Já classificado para as oitavas, o Santos se despediu da fase de grupos do grupo G com a liderança consolidada após vencer o Defensa y Justicia por 2 a 1, na noite desta terça-feira (20), na Vila Belmiro, pela sexta rodada da fase de grupos da Libertadores. Os gols foram marcados por Lucas Braga e Marcos Leonardo para a equipe santista e  Braian Romero para o time argentino.

Apesar do domínio santista, primeiro tempo termina empatado sem gols

O Santos começou o jogo num bom ritmo, criou e desperdiçou chances, mas na metade da primeira etapa da partida começou a dar muitos espaços para o Defensa y Justicia. A ausência de Lucas Veríssimo é significativa para o setor. A equipe argentina também falhou bastante na marcação.

O Peixe tentava criar jogadas de velocidade para abrir o placar, mas o Defensa conseguiu retomar o controle e até chegou a ser superior por alguns minutos do jogo. Mas quando tentava pressionar a equipe santista, o time argentino acabava dando espaços para contra-ataques, mas o Alvinegro Praiano não conseguia aproveitar e desperdiçou boas chances. O Santos ainda perdeu o volante Jobson para o primeiro jogo das oitavas de final, ele estava pendurado e tomou cartão amarelo.

Santos saí atrás, mas consegue a virada

O segundo tempo foi lá e cá, com boas chances para as duas equipes, mas quem abriu o placar na Vila Belmiro foi o time argentino. Aos cinco minutos, Pizinni avançou pela direita e cruzou para Braian Romero. O centroavante, já sem o goleiro João Paulo para fazer a defesa mandou para o fundo das redes.

Na sequência a equipe santista teve duas chances com Kaio Jorge, ambas para fora. O Peixe conseguiu retornar a posse de bola, mas tinha dificuldades para chegar ao ataque. E em troca de passes perto do meio campo evitou a pressão do Defensa.

O Santos não se intimidou e foi em busca do empate. Aos 32 minutos, Pará avançou pela direita e cruzou para a área. Wagner Leonardo fica com a sobra na esquerda e cruzou para o meio. Lucas Braga, sem goleiro e deixou tudo igual. Já nos acréscimos da partida, Lucas Braga puxou contra-ataque pela direita e deixou Marcos Leonardo livre, sem goleiro, e decretou a vitória da equipe santista por 2 a 1.

Classificação histórica! Delfín vence o Olímpia e  se classifica para as oitavas

No Estádio Manuel Ferreira, em Olímpia, no Paraguai, no mesmo horário Olímpia e Delfín disputavam quem garantia a classificação para as oitavas de final da Libertadores. E de forma heróica e histórica, o gol de Agustín Ale garantiu o El Cetáceo para a próxima fase.

Com o resultado o terminou na liderança da chave do grupo G com 16 pontos. Em segundo, também classificado vem o Delfín com sete pontos. O Defensa U Justicia terminou na terceira posição, com seis pontos e o Olímpia na lanterna, com cinco

VAVEL Logo