Guarani vence Avaí e se afasta do Z-4 da Série B
Foto: Rebeca Reis/AGIF

Com gols esquisitos, mas valiosos, o Guarani venceu o Avaí por 2 a 1 na 18ª rodada da Série B. Iury e Alan Costa, contra, marcaram para o Bugre, enquanto o próprio Alan Costa descontou para o Leão no Brinco de Ouro da Princesa. Esta foi a primeira vez em dez anos que o time de Campinas venceu este rival.

Com gol estranho, Guarani larga na frente em primeiro tempo equilibrado

O primeiro tempo no Brinco de Ouro foi bastante equilibrado e com chances para os dois lados. O Guarani teve bem mais posse de bola - 62% -, mas o número de finalizações foi similar - oito a sete para o Bugre.

O Guarani teve dificuldades iniciais para trabalhar a bola pelo meio, com Ralf e Luan Silva eficazes na marcação pelo Avaí. A maioria das chances do Bugre foram em bolas alçadas na área, como em cabeçada de Rafael Costa aos sete e de Romércio aos 32.

Já o Leão tinha Valdívia com altos e baixos na criação pelo meio, enquanto o foco dos ataques era pela esquerda, principalmente com a participação de Getúlio. Em chutes de fora, o próprio Getúlio e também Luan Silva assustaram o goleiro Gabriel.

Em um raro momento que cedeu espaço, o Avaí viu o rival sair na frente. Aos 33, Lucas Crispim recebeu livre para avançar pela direita e cruzou para Rafael Costa, que chutou para defesa de Gledson, que não conseguiu segurar. No rebote, ele cruzou para o meio e, após cabeçada de Todinho e bate-rebate, a bola morreu nas redes: Guarani 1 a 0.

Segundo tempo

Para a segunda etapa, o Avaí adotou uma postura mais ofensiva, mas teve dificuldades para criar. O time voltou com mudança no gol - Gledson saiu machucado para entrada de Frigeri -, e os chutes de fora da área continuava sendo a maior alternativa do Leão. O Guarani foi cauteloso e cedeu o domínio da bola, tentando administrar a vantagem.

O técnico Geninho colocou o time para frente, principalmente com as saídas de Ralf e Pedro Castro para as entradas de Jonathan e Renatinho - o primeiro foi bastante participativo, enquanto o segundo passou a ser o homem das bolas paradas.

No momento que o Avaí ocupava mais o campo de ataque, sofreu o segundo golpe. Aos 32, após cobrança de escanteio de Arthur Rezende, Romércio cabeceou e Felipe tentou tirar, mas a bola explodiu em Alan Costa e morreu nas redes: 2 a 0.

Pouco organizado, o Avaí tentou pressionar e conseguiu descontar aos 40. Renatinho bateu escanteio fechado, a bola bateu no travessão e, no rebote, Jonathan lançou para o meio onde Alan Costa apareceu para marcar o primeiro dos visitantes. Na reta final, porém, o Guarani conseguiu administrar o relógio e garantiu os três pontos.

Classificação e próximos compromissos

A vitória leva o Guarani para o 13º lugar com 21 pontos, dois acima do Figueirense, que é o 17º. Já o Avaí chega ao terceiro jogo sem vencer e cai para o 11º posto, com 23.

O Guarani encerra o primeiro turno diante do Juventude, fora de casa, no domingo (1º), às 18h15. O Avaí entra em campo no sábado (31) contra o vice-líder América-MG, às 19h.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo