Sem Germán Cano, Vasco recebe Caracas pela segunda fase da Copa
Sul-Americana
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Vasco e Caracas se enfrentam nesta quarta-feira (28), em São Januário, às 21h30 (horário de Brasília). O duelo é válido pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. A saber, nesta competição, o gol marcado fora de casa é critério de desempate.

Vasco não terá atacante Cano

O cruz-maltino chegou à segunda fase após eliminar o Oriente Petrolero, da Bolívia. No jogo de ida, em São Januário, vitória do Vasco por 1 a 0. Germán Cano marcou o gol da partida. Ao passo que na volta, no El Tahuichi, as equipes empataram sem gols e a equipe brasileira seguiu na competição.

Para o duelo, o técnico Ricardo Sá Pinto não terá o artilheiro Germán Cano. O jogador sentiu dores na coxa direita na semana passada e não se recuperou a tempo. Assim sendo, está fora do jogo e não tem previsão de volta.

Em contrapartida, Martín Benítez treinou e deve ser relacionado. Dessa maneira, tem boas chances de participar do jogo. Ricardo Graça e Juninho também estão recuperados e à disposição da comissão técnica.

A provável escalação é: Fernando Miguel, Cayo Tenório, Miranda (Ricardo Graça), Leandro Castan e Henrique (Neto Borges); Andrey, Gil (Marcos Junior), Carlinhos e Benítez (Vinícius); Ribamar e Talles Magno.

Caracas tem como uma das armas a bola parada

A equipe venezuelana disputou a fase de grupos na Libertadores deste ano. No entanto, terminou em terceiro lugar no Grupo H, com sete pontos. Assim sendo, conseguiu vaga para disputar a Sul-Americana. Na campanha na outra competição internacional, venceu dois jogos, empatou um e perdeu três.

Na formação que o técnico Noel Sanvicente costuma utilizar, há um centroavante fixo de bom cabeceio. O argentino Alexis Blanco exerce essa função. Além dele, os defensores Carlos Rivero, Diego Osio e Rosmel Villanueva também se destacam nas jogadas pelo alto.

Logo, a bola parada é uma das armas do Caracas. Os meias Anderson Contreras e Robert Hernández batem bem na bola. Além disso, os Los Rojos del Ávila exploram bastante as jogadas pelos lados, principalmente o direito.

A provável escalação é: Velasquez, Ferreira, Osio, Rivero e Notaroberto; Flores e Andreutti; Hernández, Contreras e Cellis; Blanco.

Arbitragem

O trio vem do Peru. O árbitro Michael Espinoza comanda a partida. Seus auxiliares serão Coty Carrera e Raúl López Cruz.

VAVEL Logo