Reservas do Inter dão conta do recado e vencem Atlético-GO pela Copa do Brasil
Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional

Líder do Brasileirão, o Internacional estreou com o pé direito na Copa do Brasil, ao superar o Atlético-GO em Goiânia por 2 a 1 na última quarta-feira (28). Este foi o primeiro jogo das oitavas de final - a volta será na terça (3) em Porto Alegre. Mesmo com reservas, a equipe conseguiu abrir vantagem e portanto joga pelo empate para avançar à próxima fase.

O técnico Eduardo Coudet até levou titulares para Goiânia, mas preferiu preservar praticamente todo o time - apenas o goleiro Marcelo Lomba foi a campo. Quem aproveitou a chance foi Leandro Fernández, autor de um gol e uma assistência. O atacante abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo.

Disposição em campo

Mesmo sem ritmo de jogo, pois não atuava há três jogos, desde a vitória por 5 a 3 sobre o Sport, o argentino subiu no meio da defesa do Atlético-GO, desviou de cabeça um cruzamento da direita de Marcos Guilherme e marcou o quarto gol dele em 2020. Antes disso, aos quatro minutos, Pottker tinha desperdiçado uma cabeçada que concluiu uma jogada de Moisés pela esquerda.

O Internacional comandou as ações da partida e teve 63% de posse de bola no primeiro tempo. O Atlético-GO, por sua vez, não conseguia incomodar a defesa rival. Aos 25, Janderson até caiu na área em dividida com Marcelo Lomba, mas após rever o lance na cabine do VAR o árbitro Marcelo de Lima Henrique anulou o pênalti. 

O time da casa ainda teve uma chance em cobrança de falta do goleiro Jean que Marcelo Lomba defendeu parcialmente e ninguém aproveitou o rebote. Mais tarde ele mesmo cobrou pênalti para marcar o gol de honra do Atlético-GO. 

Antes disso, no entanto, o Internacional ampliou com Moisés. O lateral avançou pela ponta esquerda e aproveitou um espaço na defesa do Atlético-GO para tabelar com Leandro Fernández, bater no contrapé de Jean e fazer o primeiro gol dele com a camisa colorada. 

O Atlético-GO martelou bastante no segundo tempo, mas faltou pontaria ao Dragão. Hyuri teve duas chances de cabeça, só que em ambas as oportunidades a bola saiu longe do gol. O atacante foi substituído aos 21 minutos por Wellington Rato, que sofreu o pênalti convertido por Jean. Na jogada, ele invadiu a área pela ponta esquerda e caiu após dividida com Abel Hernández. O goleiro Marcelo Lomba até acertou o canto, mas Jean bateu forte e deu ao time goiano mais esperança para lutar pela vaga às quartas de final.

Sequência no ano

Antes do confronto decisivo, os times voltam as atenções para o Brasileirão. No final de semana tem a última rodada do primeiro turno. Internacional e Atlético-GO jogam no sábado (31) diante de Corinthians e Coritiba, respectivamente.

O duelo do Colorado é em São Paulo diante do time paulista que ocupa a 13ª posição na tabela e neste meio de semana perdeu para o América-MG pela Copa do Brasil. Já o Atlético-GO é o 11º colocado e terá pela frente o vice-lanterna, que na última rodada demitiu o técnico Jorginho.

VAVEL Logo