Palmeiras
vence Ferroviária e larga na frente às quartas do Brasileiro Feminino A1
Foto: Divulgação/Palmeiras

O Palmeiras derrotou a Ferroviária pelo placar de 2 a 1 nesta quarta-feira (28) pelo jogo de ida das quartas de final do Brasileirão Feminino A1. Thais e Camilinha foram as autoras dos gols do time da casa, enquanto Sochor descontou para o visitante no Allianz Parque. É a primeira vez em que a fase final do torneio feminino é disputada nas grandes arenas, infelizmente sem público devido à pandemia de Covid-19.

Um dos embates paulistas da fase visando as semifinais da elite da competição nacional, Palmeiras x Ferroviária trazia quinto e quarto colocados (com 28 e 29 pontos) respectivamente. Além disso, o visitante era o atual campeão do campeonato, buscando o bi seguido. Nos últimos dois confrontos entre as paulistas, duas vitórias das Guerreiras Grenás: 4 a 1 no Brasileirão e 2 a 1 no Paulistão. O Verdão teve um empate (com o Iranduba), uma vitória (sobre o Flamengo) e uma derrota (para o Internacional) nas três rodadas finais, enquanto a Ferroviária teve uma derrota (para o São José) e duas grandes vitórias (sobre São Paulo e Santos).

Verdão garante vantagem no jogo de ida apostando em eficiência

A primeira etapa já começou com as características esperadas: o Palmeiras esperando, com marcação atrás da linha de meio-campo, e a Ferroviária tomando a iniciativa. Até que o Verdão tomou a posse da bola e foi para a pressão na área adversária. E deu resultado: aos quatro minutos, cobrança de escanteio pela direita e a zagueira artilheira Thais subiu mais que a marcação na segunda trave para abrir o placar.

A equipe mandante não recuou após o gol, e o jogo era lá e cá, mas sem que as jogadoras conseguissem construir finalizações. Mas teve início uma grande sequência de oportunidades para as Guerreiras Grenás, principalmente em chutes de longa distância. Sequência essa porque o Palmeiras forçava ligação direta do meio para o ataque, sem sucesso, enquanto a Ferroviária chegava com mais qualidade, na troca de passes.

Aos 21, Rafa Mineira cruzou na área, Vivi saiu para tirar, e a bola sobrou para Sochor pegar de primeira para fora. No minuto seguinte, a zaga palmeirense saiu mal, e Rafa Mineira arriscou de longe por cima do gol. Em seguida, Sochor arriscou de muito longe e levou perigo ao gol de Vivi. Pouco depois, chute de muito longe de Chu para fora. Aos 29, Barrinha também tentou de muito longe e mandou por cima do travessão. Já com 39 minutos, Sochor chutou da ponta-direita, e a zaga colocou para escanteio.

Na volta do intervalo, o Verdão adiantou a marcação para dificultar a saída adversária. Mas voltou a balançar as redes em jogada iniciada no campo de defesa. Aos 11 minutos, Camilinha puxou um contra-ataque fatal que ela mesma finalizou com chute muito forte de fora da área no ângulo, ampliando a vantagem em um lindo gol.

A sequência foi de reação das visitantes, que queriam reverter o resultado ou, ao menos, diminuir para o segundo jogo. Aos 20, Chu fez boa jogada individual na ponta-direita e passou para Rafa na área, que mandou rasteiro na tentativa de encontrar alguma companheira na pequena área, mas a bola saiu sem desvio. Seis minutos depois, Daiane arriscou de longe direto para fora. Com 32, Rafa arrancou pela direita, invadiu a área sem marcação e chutou para boa defesa de Vivi, desperdiçando grande chance.

Até que, aos 35 minutos, Sochor conseguiu roubada de bola perto da área, invadiu a área, tirou da goleira e fez, diminuindo o placar e dando ânimo às Guerreiras Grenás. O Palmeiras voltou a assustar apenas aos 39, quando Bianca recebeu a bola na meia-lua e experimentou dali, mas Luciana agarrou. Em seguida, Carol Tavares mandou no travessão de muito longe, quase conseguindo o empate. Entretanto fim de papo no primeiro jogo das quartas de final e vitória das alviverdes em atuação de eficiência.

Classificação e próximos compromissos

O decisivo jogo de volta acontece neste domingo (1º) às 19h30 na Fonte Luminosa. Enquanto o Palmeiras pode se classificar com um empate, a Ferroviária precisa da vitória para avançar às semifinais do Brasileirão A1.

VAVEL Logo