Andrey Lopes se desculpa por cartão e comenta chegada de Abel Ferreira: "Vamos construir juntos"
Foto: César Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras encerrou o comando interino de Andrey Lopes nesta segunda-feira (2), com uma bela vitória por 3 a 0 contra o Atlético-MG, no Allianz Parque, pela 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Contra o Galo, a equipe paulista conquistou a quarta vitória consecutiva, a segunda pelo Brasileirão – e voltaram a apresentar um desempenho com mais intensidade.

Andrey Lopes avaliou o momento vivido pelo Alviverde e também pediu desculpas por ter levado cartão amarelo. Na comemoração do terceiro gol do Verdão, marcado por Wesley, o interino invadiu o gramado para comemorar o resultado ao lado dos jogadores, mas acabou sendo advertido com cartão amarelo pelo árbitro Bráulio da Silva Machado.

"Antes de começar a entrevista, eu como auxiliar do Palmeiras, queria salientar uma atitude que tive que não certa e eu fui punido com amarelo por invadir o campo. Eu invadi o campo porque a gente vinha de resultados ruins, mas conseguimos reverter esse quadro, e eu estava muito feliz. Foi a vibração que tive no momento, mas invadi o campo na euforia para comemorar", afirmou Andrey Lopes.

Com Abel Ferreira, o novo treinador do Verdão, no camarote do Allianz Parque nesta segunda-feira (2), Andrey Lopes fez seu último jogo no comando da equipe. A sensação é de entregar ao português um time em momento de evolução.

"A equipe não vinha em um momento bom. Eu estou no Palmeiras três anos, conheço os atletas. Dentro disso, o que a gente pede, tempo para treinadores. O que aconteceu, eu tenho tempo com os atletas do Palmeiras, eu tenho três anos com eles. Para o jogo do Fortaleza, que a estratégia não deu certo, eu já tinha o conhecimento do que poderia ser feito porque conheço os atletas, onde cada um gosta de jogar, quais mecânicas facilitam eles. Então o tempo facilita para ter essa engrenagem. Os atletas também compraram a ideia do jogo, e claro que teve uma evolução", disse o auxiliar. 

"O Abel vai assumir o Palmeiras. É uma responsabilidade, e eu vou procurar ajudar da melhor maneira possível. Ele vai conhecer os atletas, vai ter seu entendimento de jogo, então vamos construir juntos. Eu fiquei pouco tempo ,não é questão de deixar legado. Eu vou ajudar ele para o Palmeiras sair campeão. Legado é estar todo dia na Academia para ficarmos cada dia melhores", completou.

Com um jogo a menos, o Verdão ocupa a sétima posição, com 28 pontos. O Palmeiras volta a campo na quinta-feira (5), diante do RB Bragantino, no Allianz Parque, pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. No jogo de ida, o Verdão venceu a equipe de Bragança por 3 a 1.

VAVEL Logo