Cuiabá segura empate com Botafogo e consegue classificação inédita às quartas de final
Foto: Divulgação/Cuiabá EC

Nesta noite de terça-feira (3), o Cuiabá recebeu o Botafogo na Arena Pantanal em duelo válido pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Cuiabá venceu por 1 a 0 a partida de ida. 

Como perdeu o primeiro jogo e precisa ganhar para se classificar, o Botafogo começou a partida pressionando a saída de bola do Cuiabá com o Bruno Nazário perto dos atacantes. A primeira chance alvinegra veio logo aos três minutos, após roubada de bola, quando Victor Luís tocou para Bruno Nazário, que chutou por cima do travessão. 

A primeira chance de perigo do Cuiabá veio aos sete minutos, Maxwell recebeu na área, chutou cruzado e viu Marcelo Benevenuto desviar e salvar o que poderia ser o primeiro gol dos donos da casa. 

O Botafogo seguiu melhor na partida. A equipe carioca continuou pressionando o Cuiabá no campo defensivo, sem dar muita liberdade para o auriverde sair jogando. Mas o alvinegro não conseguiu aproveitar as chances e criar jogadas de perigo. 

O Cuiabá teve a maior chance de gol no primeiro tempo. Aos 40 minutos, o Cuiabá saiu no contra-ataque com Willians Santana, que achou Maxwell na área. O camisa 9 limpou o zagueiro, chutou cruzado e obrigou Diego Cavalieri à fazer grande defesa.

Mesmo ocupando o campo ofensivo do Cuiabá durante quase toda a primeira etapa, o Botafogo não criou chances reais de gol no primeiro tempo, enquanto o Cuiabá teve somente uma. 

Números da primeira etapa Cuiabá x Botafogo 

  • Posse de bola: 32% x 68%
  • Finalizações: 5(1) x 8(1)
  • Escanteios: 4 x 2
  • Faltas: 9 x 6
  • Desarmes: 7 x 8
  • Passes errados: 37 x 35

No início do segundo tempo, o Botafogo seguiu pressionando o Cuiabá e teve a primeira chance de gol. Aos nove minutos, Honda tocou para Bruno Nazário que tentou achar Babi na área, mas o zagueiro Anderson Conceição afastou. 

Aos 14 minutos, o treinador Flávio Tenius fez três substituições no alvinegro buscando a vitória. Saíram Warley, Kelvin e Caio Alexandre e entraram Pedro Raul, Angulo e Guilherme Santos. Enquanto Marcelo Chamusca também fez duas substituições, Saíram Willians Santana e Nenê Bonilha para a entrada de Lucas Hernández e Auremir.

Com as substituições, o Botafogo seguiu pressionando o Cuiabá. Sem der espaços para a equipe da casa, o alvinegro teve mais uma chance de perigo. Aos 25 minutos, Kevin cruza na medida para Pedro Raul que cabeceia forte e obriga João Carlos à fazer grande defesa. 

Aos 29, novamente Pedro Raul perde grande chance. O camisa 9 cabeceia forte e a bola passa perto da trave e sai. O alvinegro seguiu na pressão e teve outra grande chance com Pedro Raul, a bola sobrou para o atacante na área que chutou no travessão. 

No fim do segundo tempo, o domínio alvinegro era tanto que o Cuiabá chegou a ter 23% de posse de bola. Com muitas substituições e paradas para cartão, o arbitro deu sete minutos de acréscimo. 

O Botafogo seguiu pressionando até o fim, aos 48, o lateral esquerdo Guilherme Santos subiu mais alto que todo mundo na área e obrigou João Carlos à fazer mais uma grande defesa. 

Números do segundo tempo Cuiabá x Botafogo

  • Posse de bola: 26% x 74%
  • Finalizações: 1(1) x 9(2)
  • Escanteios: 0 x 5
  • Desarmes: 7 x 6
  • Faltas: 11 x 12

Mesmo com amplo domínio, o Botafogo não conseguiu passar por João Carlos e a partida terminou empatada. Com esse resultado o Cuiabá conseguiu uma classificação histórica e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. 

VAVEL Logo