Vasco segura Caracas e avança na Copa Sul-Americana

Um empate sem gols no Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela diante do Caracas na última quarta-feira (4) foi o suficiente para o Vasco avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O Vasco se classificou porque ganhou o jogo de ida em São Januário por 1 a 0, com gol de Tiago Reis. O atacante ganhou oportunidade como titular na Venezuela e até balançou a rede, mas desta vez a arbitragem assinalou impedimento e o gol foi anulado. No lance, ele recebeu cruzamento de Benítez e tocou de cabeça, livre de marcação. A melhor chance do Caracas no primeiro tempo foi um chute de fora da área que Fernando Miguel encaixou.

Além de Tiago Reis, o time titular cruzmaltino tinha mais três mudanças em relação ao último jogo - empate com o Goiás no Brasileirão. Ricardo Sá Pinto escalou o Vasco com três zagueiros - Leandro Castán, Miranda e Ricardo Graça, e na frente colocou Martín Benítez no meio, Neto Borges na esquerda, Pikachu do outro lado e Tiago Reis mais avançado.

Na etapa final o Caracas respondeu com Alexis Blanco, mas Fernando Miguel levou a melhor em ambas as oportunidades uma cabeçada que ele defendeu em dois tempos. Nos acréscimos o Vasco ainda teve duas chances. Na primeira, reclamou de pênalti em Pikachu quando ele estava cara a cara com o goleiro e caiu após dividida com Echeverria dentro da área. Praticamente no apagar das luzes, Ribamar avançou pela ponta esquerda mas chutou rasteiro e facilitou a defesa do goleiro.

A situação do Vasco melhorou quando o zagueiro Rosmel Villanueva recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso por falta dura em Carlinhos. O técnico Noel Sanvicente foi obrigado a sacar o meio-campista Contreras para recompor a defesa e o time perdeu poderio ofensivo.

Sequência

O próximo adversário do Vasco está definido: Defensa y Justicia, da Argentina, que neste ano disputou a Libertadores mas foi eliminado na fase de grupos. O confronto ainda não tem data para acontecer, mas o Vasco já entra em campo no domingo (8), quando recebe o Palmeiras na abertura do segundo turno do Brasileirão. O cruzmaltino está em 16º lugar, com os mesmos 19 pontos do Coritiba, que abre a zona de rebaixamento, enquanto o alviverde paulista ocupa a 7ª posição.

O Caracas, por sua vez, que começou a temporada na Libertadores, agora dedica-se exclusivamente à disputa do Campeonato Venezuelano. Nesta sexta (6), encara o Deportivo Táchira fora de casa.

VAVEL Logo