Avaí empata mais uma e Geninho admite "turno de recuperação"
Foto: Divulgação/Avaí

Avaí e Náutico empataram em 2 a 2 na Arena dos Aflitos, em Recife, em jogo válido pela primeira rodada do returno da Série B do Brasileirão. Kieza e Guillermo Paiva marcaram para o Timbu, pelo lado do Avaí , Jonathan e Alan Costa também balançaram as redes.

Com esse empate, o Avaí se encontra na nona colocação da tabela, estando com quatro pontos a menos e um jogo a mais que o quarto colocado, Juventude. A equipe ainda se vê na briga pelo acesso, mas isso vai se tornando uma tarefa cada vez mais difícil.

A torcida perdeu a paciência com o treinador Geninho já faz algum tempo, mas a diretoria não pensa em demiti-lo. Geninho chegou a pedir para que não se preocupem com seu cargo na semana passada, alegando que ele já é um treinador experiente e que, uma possível demissão, não o causaria sequer uma ruga na testa.

Geninho avaliou o resultado do jogo e explicou a dificuldade do Avaí em manter uma sequência boa no campeonato:

“Eu acho que não foi o pior dos resultados. Somar um ponto na adversário não é ruim, mas acho que poderíamos, se tivéssemos feito um jogo melhor, ter levado os três pontos. O (nosso) time fez um gol e abdicou de jogar, deu a oportunidade para o Náutico crescer no jogo. Deixamos escapar uma grande oportunidade. Em relação a sequência de resultados, é um campeonato difícil de se jogar; estamos convivendo com lesões também”, disse o treinador do Leão.

O comandante da equipe catarinense também comentou sobre a dificuldade do Avaí em conseguir manter um equilíbrio dentro da partida, tendo em vista que a equipe só consegue fazer um tempo bom na maioria dos jogos:

“Durante o jogo de hoje nós começamos bem enquanto ficávamos com a bola. A partir do momento que perdemos a bola, tivemos muita dificuldade. Quando o time trabalha a bola ele produz melhor, mas temos dificuldades de produzir”, afirmou o treinador.

Para finalizar, Geninho disse quais são as projeções do Avaí para o restante do campeonato e analisou uma possível chance de acesso:

“Temos que fazer um turno de recuperação, esse ano foi um ano atípico. Temos três equipes que abriram muito, e quatro ou cinco equipes terão que brigar por apenas uma vaga. Temos chances, mas temos que melhorar. O time precisa ter mais personalidade”, completou o técnico.

A próxima partida do Avaí será diante do Paraná, na próxima sexta-feira (13), às 18h30, na Ressacada.

VAVEL Logo