Rogério Ceni chega ao Flamengo e já projeta esquema tático: "O mais ofensivo possível"
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Rogério Ceni é uma boa opção para substituir Domènec Torrent no Flamengo. Ele chega de forma unânime dentro da diretoria e talvez em grande parte da torcida. Jornalista da ESPN, Mauro Cezar disse até que os principais jogadores do elenco gostaram do nome de Ceni. Nesse ritmo rápido, o treinador já foi até apresentado oficialmente como novo técnico do clube na tarde desta terça-feira (10).

Ele assume a equipe rubro-negra depois de Dome sofrer duas goleadas seguidas, para São Paulo e Atlético-MG no Campeonato Brasileiro.

"Obrigado a todos. Para mim é um dia especial. Meu 30º ano de futebol. Já enfrentei Maracanã cheio. Vi Zico. Até liguei para ele e pedi a entrada. Cara único. Admiro até pelas faltas. Fanatismo por ele. Me sinto com a permissão de poder estar sentado nessa cadeira."

Nos últimos três jogos, o Flamengo sofreu 10 gols. Isso já mostra a missão principal de Ceni: ajustar a defesa. Já na quarta-feira (11), o duelo com o São Paulo é decisivo em confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Ao ser questionado, o desejo de Rogério é tentar devolver ao Rubro-Negro o que tinha de melhor com Jorge Jesus.

"Tudo que for positivo. Eu gosto do estilo. A marcação alta, intensidade. Depende bastante da questão física. Vamos utilizar boa parte disso [...] Temos que achar o esquema que o time mais se sente à vontade. No Fortaleza jogamos no 4-3-3. Depois 4-2-4. O que importa é que os jogadores se sintam à vontade. Vamos conversar e treinar. Temos que ser ofensivos, gostar da posse de bola. Mais ofensivo possível. Fiquei muito tempo no gol. Quero ficar o mais longe possível. De acordo com a qualidade técnica, o Flamengo gosta da bola. Sempre tentar o gol. O importante é o gol. A favor. Gosto de jogar com o máximo de atacantes possível, com velocidade, habilidade. Essa é a área que mais gosto de mexer."

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Também presente na coletiva de apresentação, o presidente Rodolfo Landim disse ter certeza de que será uma passagem vitoriosa de Rogério à frente do Flamengo:

"Motivo de muito orgulho para nós trabalhar com um profissional desse nível. Só agradecer a confiança e dizer da certeza de que será uma parceria muito vitoriosa."

Outras falas de Rogério Ceni

Sobre o Fortaleza

"Sou muito agradecido ao Fortaleza. O torcedor fica triste, mas acho que compreende o tamanho do desafio. Difícil recusar o Flamengo pela grandeza, estrutura, jogadores que têm aqui... Caminho natural."

Sobre o Cruzeiro

"E experiência é sempre válida. Sempre evolui. São momentos distintos, o Flamengo vive um dos melhores momentos da história. O Cruzeiro em uma fase que não era tão propícia."

É possível ganhar tudo?

"Todos querem ganhar tudo no futebol. Temos que ver quanto cada um está disposto a se entregar para chegar. É um grupo vencedor. Quem disse que não é possível? Ainda mais com uma torcida tão apaixonada e jogadores de tanta qualidade."

Imersão no Ninho do Urubu

"É a única maneira (morar no Ninho). Senão se perde muito tempo. Vou ficar o tempo necessário para conhecer todos os setores. Prefiro ficar por aqui. Super bonito, melhor do que hotel. Quero acompanhar treinos das categorias inferiores também."

Yuri César, jovem que estava emprestado ao Fortaleza

"Eu conto (Yuri César). Ele é fora de série. Tem capacidade, consciência. Grata surpresa. Ele não perde o foco. Mas já fez sete jogos e fica no Fortaleza. Acho que ele tem potencial para o Flamengo (nota: o atacante está emprestado pelo Fla ao time cearense)."

Futebol europeu

"Futebol europeu é uma referência. Fiz visitas, estive com grandes treinadores. Não quer dizer que você é melhor do que outra pessoa, mas ver o dia a dia do treinamento é importante. A troca foi muito importante."

Má fase da defesa com 10 gols em três jogos

"Só amanhã que vamos poder afirmar, mas erros defensivos são frutos de erros de sistema de jogo. Quando se tem um número elevado de gols sofridos, temos que tentar ajustar, com a ajuda de todos. São eles que vão resolver. O atleta é o mais importante. Nós buscamos soluções. Garanto que não é problema de apenas uma peça."

VAVEL Logo