Números da joia do Grêmio: Pepê ganha seu espaço aos poucos no Brasileirão
Foto: Lucas Uebel / GFBPA

No Grêmio, a ausência do atacante Everton Cebolinha não é sentida. Tudo bem que ele deixa saudades, mas sua lacuna está sendo bem preenchida pelo pronto-substituto: Pepê. O ponta esquerda cumpre muito bem sua função de infernizar as defesas adversárias, como a do Fluminense no domingo (8) passado, pela 20ª rodada do Brasileirão.

Ele ainda não é o maior craque da época — longe disso —, mas tem espaço cativo no coração da torcida gremista. Isso porque Pepê participa bem das jogadas ofensivas do time de Renato Portaluppi. Quando se vê o ranking de jogadores que mais participaram de gols em sua equipe, o garoto tem nove na conta: seis gols e três assistências nos 15 jogos que participou até o momento. Somente Pedro (10), do Flamengo, Keno (11), do Atlético-MG, Marinho (17), do Santos, e Thiago Galhardo (20), do Inter, participam mais.

Para chegar a tal marca e nível de influência no esquema de jogo tricolor, Pepê dribla muito para quebrar as linhas defensivas dos rivais. Na conta dele, 2.6 dribles por partida (51% de acerto). Talles Magno (Vasco), Patrick (Inter), Gerson (Flamengo), Romarinho (Fortaleza) e Keno (Atlético-MG) são os únicos que driblam mais que a joia gremista.

Então, para este segundo turno, é bom ficar de olho no amadurecimento de um jovem de 23 anos que pede espaço no cenário do futebol nacional, mesmo que ainda de forma tímida.

VAVEL Logo